24 de outubro de 2008

BIZARRIAS


Até que ponto é suportável a Bizarria?
Diferente do governo que ainda aí está, o próximo administrador de Esperantina já começou a trabalhar, pra não dizer que começou a bater asas como um pássaro que voa livre pelos ares à procura da prosperidade.
Invés de batalhar por apenas aqueles 8331 eleitores que lhe confiaram o desenvolvimento da "terrinha da mamadeira", o gestor de 1º de Janeiro de 2009 em diante, procura e está conseguindo mais adeptos, bem diferente do atual prefeito que perdeu aproximadamente 4 mil eleitores devido administrar apenas para alguns esperantinenses e muitos forasteiros e principalmente por falar muito e trabalhar pouco.
Acredito, por força divina, que nossa terrinha não tem mais os denominados "chibateiros", pois, quando perguntados, respondem que votaram no pássaro de vôos longos.
Opinião própria é baseada no conhecimento adquirido do caráter, da personalidade, da educação que recebe e pelas informações de cada ser.
Fazer escolhas está no mais profundo e necessário desejo de ultrapassar nossos limites.
Na política não é diferente.
Quando decidimos por uma escolha, devemos manté-la até o fim, seja ela na DERROTA, seja ela na VITÓRIA, independente das consequências, pois assim terás compromisso com seu ego, com seu caráter, com sua personalidade como um HOMEM íntegro.
Infelizmente tenho visto imagens bizarras depois destas eleições.
Para quem defendia com todas as garras um partido e chegavam a ponto de querer fazer apostas, hoje surgem ao lado do vencedor adversário.
Como estes, existem vários outros com o intuito de continuar se beneficiando sem mesmo trabalhar. Outros desapareceram, tais como: LOIRAS, MORENAS, RUIVAS, etc. Onde estais?
Bizarro mesmo e ver a Las Vergas do Piauí com apenas a metade da Avenida funcionando, mesmo sem os olhos de gato, enquanto o outro estais como um verdadeiro terreiro de obras, mas abandonado.
Portanto Esperantina, deixa o Homem Trabalhar para as Bizarrias acabar!!!

Um comentário:

  1. vão se os chibateiros ficam os mamateiros, os eternos mutreteiros da terrinha da "é ruim em" bôa esperança.Aqueles que estão viciados nas tetas da viúva já estão rondando o passáro. Tá na hora da gente trabalhar e deixar trabalhar, essa terra não guenta mais ser sungada.

    Consciência minha gente!

    ResponderExcluir