3 de novembro de 2008

A TERRA ESTÁ MAIS QUENTE

Até mesmo antes da Revolução Industrial a terra se aquecia século após século.
A diferença de hoje é que antes os seres vivos tinham tempo para se adaptar devido este processo de aquecimento ser lento.
Responsável pela vida na terra, o Efeito Estufa de forma natural, vem sendo afetado pelo principal gás para o aquecimento global, o CO2, gás este que junto com outros gases como o metano, tem acelerado este processo sem a oportunidade da ADAPTAÇÃO para a sobrevivência das espécies.
A mudanças climáticas tem afetado não só o clima, mas também vidas.
Com o mais forte desejo de crescer financeiramente, países e pessoas lançam a cada dia mais poluentes no ar atmosférico, sem mesmo a preocupação da sustentabilidade do meio em que vivem.
No século que se passou, a temperatura do ar elevou-se, de acordo com o IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), 0,7%, agravando assim as secas e fazendo surgir tornados e furacões em regiões que até então desconheciam. Além de aumentar a temperatura dos oceanos provocando consequências gravíssimas, entre elas: o derretimento das geleiras e consequentemente a elevação do nível dos mares.
Para este século, caso continue a emissão de CO2 e as queimadas que já existe, a temperatura da terra subirá cerca de 5% de acordo com o instituto acima citado.
Uso de catalisadores; uso de tecnologias e energias alternativas, neste último caso o Brasil é uma potência mundial, são algumas soluções para o principal problema ambiental que enfrentamos neste início de século.

Nenhum comentário:

Postar um comentário