2 de dezembro de 2008

A MAIORIA SÃO FORASTEIROS




Anteriomente quando mencionei que Esperantina é uma cidade acolheidora até demais, sinceramente isso não foge a verdade. O Brasil constituiu-se nas suas mais variadas etnias com a ajuda dos IMIGRANTES. Por esse motivo nosso país é considerado um dos mais diversificados quanto sua religião, idioma, etnia, cultura, ou seja, seu povo. E porque não à corrupção, atraso, burocracia, subdesenvolvimento.
Se alguém não faz o "BEM", vem outro e o faz.
Se dois fazem o "MAL", vem três e aprendem com estes a fazer a triplicidade das atrocidades ao nosso povo.
Diferente do Nordeste, a qual foi uma região de EMIGRAÇÃO, Esperantina surge de forma contrária, cidade da IMIGRAÇÃO. Toda e qualquer pessoa que aqui vem, se dá bem. Pode? Enquanto alguns de nossos conterrâneos precisam procurar condições melhores de vida fora da nossa querida terrinha. Quanto a este aspecto, podemos olhar através de uma visão tridimensional: Alguns imigrantes contribuiu e continuam contribuindo com a nossa economia, nossa cultura, com nossa educação, ou seja, nosso desenvolvimento e aqui posso citar o GRANDIOSO JOÃO ALEMÃO que ao meu ver não precisa de comentários.

Mas infelizmente, outros trouxeram, trazem e continaurão a trazer DESORDEM, INTRIGAS, BRIGAS, DESUNIÃO, BAGUNÇA, em suma, SUBDESENVOLVIMENTO cultural, educacional emocional, moral, étnico. Vê se pode. Invés de realmente trabalharem, todos os dias reservam tempo, e tempo não lhes faltam, para DEGRADAR, DEFLAMAR, OPRIMIR, entre outros verbos, não só ESPERANTINA, mas todo o Estado do Piauí. Refiro-me aqui ao nosso povo, povo este com o mais bondoso espírito da boa vontade de ajudar o próximo.

A quatro anos atráz muitos imigrantes vieram para Esperantina apenas pelo desejo de inriquezerem seus próprios patrimônios. E deram as costas para o povo esperantinense. Agora, prestes acontecer novamente a onda da imigração em nossa cidade, esperamos, pois somos brasileiros e não desistimos nunca e a esperança é a última que morre, que todos que aqui vanham trabalhar, trabalhe com responsabilidade para o bem estar de ESPERANTINA e região.
Aqui PARABENIZO, mesmo que atrasado, TODOS OS IMIGRANTES pelo seu dia (01/12). Felicidades aos bons e ruins IMIGRANTES.

2 comentários:

  1. Claudiana G. Sousa2 de dezembro de 2008 18:34

    É isso aí Macelino, Esperantina está de parabéns por ser acolhedora, e é de pessoas como o João Alemão que o mundo precisa como exemplo, e não certos forasteiros que só se aproveitam da injenuidade de muitos. A pessoa que postou anonimamente um comentário desagradável sobre uma matéria onterior, se ela(pessoa) não for de Esperantina é porque realmente não a conhece, e se por acaso for, me desculpe, mas não é digna de ter nascido aí. Eu moro a sete anos aqui no DF, por opção(mas pretendo futuramente voltar), fico triste quando encontro esperantinenses que falam mal daí, às vezes tiveram um desentendimento com alguém, ou sei lá, e culpam a cidade, eu fico indignada com isso. Tem pessoas que preferem a loucura de cidade grande, ou porque tem muitas diversidades, mas isso não importa, cada lugar tem a sua essência e não devemos saí por aí falando mal do lugar onde nascemos. A beleza está na diferença, o mundo seria uma chatice se tudo fosse igual, então cuidemos do que é nosso...é isso.

    ResponderExcluir
  2. Matéria bem interessante essa sua, tudo a ver com Esperantina, mas como diz o ditado, DEPOIS DA TEMPESTADE VEM A BONANÇA, basta ver como está nossa cidade, mas calma, ordeira, agora sim da gosto de dizer: SOU DE ESPERANTINA, MORO EM ESPERANTINA, por isso que quando muita gente disse que ia embora daqui eu sempre dizia: CALMA, DÊ TEMPO AO TEMPO, TUDO PASSA, SEMPRE ESTAREMOS AQUI E SEREMOS AS MESMAS PESSOAS, ESSA TURMA DE PARASITAS, CORRUPTOS NÔMADES, VAI EMBORA E VOLTAREMOS A SER UMA FAMÍLIA DE ESPERANTINENSES, INCLUINDO TAMBEM AS PESSOAS DE BEM QUE SÃO DE FORA E QUE QUEREM O DESENVOLVIMENTO DE NOSSA CIDADE. AMO ESPERANTINA, POR UM INSTANTE PENSEI QUE ÉRAMOS UM POVO SEM CULTURA POLITICAMENTE, ME ENGANEI REDONDAMENTE. BACURAL SUGADOR DO DINHEIRO PÚBLICO, VOCÊ SE DEU MAL E AGORA ESTÃO CULPANDO QUEM DERROTOU VOCÊ, PERDEU PARA TI MESMO FILÓSOFO PSICOPATA.

    ResponderExcluir