26 de fevereiro de 2009

O ATRASO DOS PAÍSES EMERGENTES!

A preocupação para se desenvolver é a ação de qualquer país que queira ter a cada dia melhores indicadores sociais e económicos, etc... Mas vivemos enraizados em uma BUROCRACIA que se apresenta apenas em países como o nosso (BURRO)!
Temos um sistema hierárquico altamente ultrapassado onde as divisões de responsabilidades traz-nos transtornos incomparáveis para simples soluções.
Já disseram que "queres conhecer alguém? dê-lhe poder".
Outros disseram que é melhor dá um real do que dá confiança a um estúpido.
Se levarmos para o lado pejorativo da palavra, podemos dizer que existem, com excesso, regras e procedimentos redundantes entre os órgãos municipais, estaduais e federais de nossa Esperantina.
Isso leva, desnecessariamente, à estagnação do sistema público dificultando o desenvolvimento e crescimento do país de forma geral.

Somente por causa de uma assinatura, as inscrições de um concurso da rede estadual de ensino foi realizada na cidade vizinha de Barras.

Será que a assinatura do Coordenador Valdemir Miranda não vale nada perante uma assinatura de uma simples secretaria da 2ª GRE?
Seria muito mais fácil arrecadar todas as inscrições aqui mesmo em Esperantina e consequentemente mandariam para tal cidade. Mas a burocracia do ESTADO não permite que fatos assim seja resolvidos na mais simples atitudes de bons homens.

E para finalizar tais babaridades entre nós, devo relatar que por causa de apenas, tão somente e nada mais do que um "I" - isso mesmo, apenas pela terceira letra das vogais conhecida, até mesmo por uma criança do "Jardim 1", o sistema de um cartório de nossa cidade dificultou nos moldes do mundo imbecil em que vivemos e falo deste mundo subdesenvolvido ou Emergente, como queiram chamar, uma Autenticação. Até quando nosso atraso será sinônimo de atos Burocráticos
?




Nenhum comentário:

Postar um comentário