14 de março de 2009

DIA DO VENDEDOR DE LIVROS!


Para quem quer saber qual LIVRO estou lendo no momento atual, procure um bom vendedor de Livros, profissional este, excasso em nossa cidade, pois nem mesmo temos livraria.

E quem quer descobrir quais os livros que já li e quais os que pretendo ler este ano, acompanhe o futuro deste "ESPAÇO".

Apenas 8% das das cidades brasileiras tem uma LIVRARIA. O que acha disso, não é mesmo um absurso?

Depois de algumas horas após a comemoração do Bibliotecário, é chegada a hora de comemorar o dia de alguém não menos importante para a disseminação do livro - o vendedor de livros. O livro é um portal mágico que oferece prazer, conhecimento e entretenimento.

Não tenho dúvida sobre a importância das histórias na formação de uma criança, a literatura infantil é o início da formação do leitor. O interesse pela leitura deve surgir cedo, quando a criança ainda não sabe decifrar o código, mas lê com sua interpretação de mundo, ouvindo a história que lhe contam, imagina e vivência a mesma.

Na Antigüidade e no começo da Idade Média, os livros eram manuscritos em rolos de papiro ou pergaminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário