3 de setembro de 2009

INJÚRIAS - PARA QUE TE QUERO

Lá vamos nós andarmos na trilha dos injuriados.

Não sei se o chico preto sabe voar,não, só sei que anda com os pés firmes no chão bem diferente de bosta que vive a boiar nas águas escuras da corrupção.

Quantas pessoas estão injuriadas somente pelo motivo de ter que trabalhar para receber alguns tostões no fim do mês.

Não sei se o que muda são as coleiras ou são os cachorros, a verdade é que quem os guia vivem a choramiguar a cada derrota nas turbulências de suas próprias palavras.

Viajo sim. Sim for preciso viajarei ainda mais na tentativa de ir ao fundo à imaginação dos bons e dos ruis na esperança de eu resguardar dos males de línguas ferinas e cegas por justiça.

O costume bota a perder. Perder hoje significa ter que engolir muitos sapos calados. Apesar de que muitos continuam a falar pelas costas. Na frente só elogios, virou as costas a tesoura come.

E ainda querem ser os corretos, os direitos, os santos. Tanta babaguile. É de maaaaaaaaaaaaaais. Por isso é que "não vou".

Vamos trabalhar para não depender de ninguém muito menos de prefeitura, secretarias ou de políticos, porque receber sem trabalhar só vai aumentar as injúrias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário