28 de novembro de 2009

CELEBRAÇÃO DA POUCA VERGONHA

Palmas, palmas, novamente palmas.
Alguns, apenas alguns dessa terra estão hoje de parabéns pela ação "benevolente", diga de passagem, mais uma vez, em prol daqueles que não precisam.
Pouca vergonha desses intoleráveis conterrâneos em celebrar o zero a esquerda.
Ganhas vasto dinheiro mensalmente e ainda raspa, usa e abusa a ingenuidade dos "cegos" esperantinenses através de rifas, bingos beneficentes para sustentar o sustentado.

Prova desta sustentabilidade imoral do comportamento humano foi a entrada triunfal dirigindo um "carro" e não uma carroça, parecido com os dos norte-americanos, e ainda mais em baixo de aplausos e luzes pobres dos que não servem (chibateiros).

Para quem não sabe, recebem agrados gordos todos os meses de parlamentares sem falar da poupança da "mãe Joana" esperantinense durante quase quatros anos que governou, melhor dizendo, arruinou a terra da Boa Esperança.

Tirar da boca de uma criança, principalmente sendo do próprio filho, para alimentar os incontroláveis, despreparados, imaturos e desumanos humanos que usa o dom da oratória para massacrar as almas das crianças adultas idosas de nossa cidade. Isso não é um ato nojento?

É sim senhor. E não queiram fazer com que eu venha pedir desculpas para o que não tem desculpas. Falo a verdade. Não me estranhe. Não me julguem.

Quantos imbecis existem entre nós. Apoiar, doar com a própria alma estes satãs do capitalismo. Usam até mesmo o pai maior para enganar os minúsculos homens de pouca fé.

Como diz anteriormente, quase quatro anos se passaram e nunca tinha comemorado o 2+7 junto ao povo pobre em um niver como este.
Agora fora do poder e do rumo, e querendo voltar é claro, vem apertar as mãos de cada um daqueles que não vejam as irregularidades e improbidades administrativas feitas no passado remoto.

Ou que peninha do coitadinho, não tem dinheiro, não tem casa, não tem emprego, não tem cargo muito menos vergonha na cara.

Enquanto isso, na sala de justiça, que não é este blog, explode a grande noticia, já conhecida por todos:
estuda em uma FACULDADE, invés de casa tem uma mansão, invés de um jumento anda em CAVALOS de quatro rodas, não rico muito menos pobre para não aceitar doações que serviriam para o nosso futuro - nossas crianças.

Mas mesmo assim nesta noite celebraram o ZERO. Pouca vergonha de pais de famílias que não saem de casa depois das 20 hs para saber sobre os filhos nas escolas onde estudam, mas saem de casa as 22 hs para aplaudir a pouca vergonha de palavras insignificantes, enganadoras.
Não dão migalhas para os filhos se alimentarem, no entando doam peixes e onças para aqueles que já tem o suficiente através dos amigos de THE e DF.
Não serve, zero a esquerda não serve.

Estes poucos sem vergonhas merece a continuar na taca de uma chibata.

3 comentários:

  1. Passei muito tempo resumi o que você neste artigo. Isso tem quer ir para um mural em praça pública. O melhor artigo seu; eu lhe garanto. PARABÉNS E FIRME NA LUTA.

    ResponderExcluir
  2. parabéns, pela matéria tomara Deus que os cegos voltem a vê e possam ler, essas verdades que voce escreveu.

    ResponderExcluir
  3. macelino acho q a materia o invejoso postada no portalesp lhe cai muito bem.macelino dia 15 de janeiro nosso SANTOLIA vem de mudança de vez para ESPERANTINA e quero de antemão lhe convidar para a grande festa q iremos fazer em comemoração ao seu retorno definitivo.Aproveite a oportunidade para declarar sua admiração por ele abraços familia chibateira.

    ResponderExcluir