24 de novembro de 2009

DESASTRE HUMANO NOS RODEIA

Os desastres são resultados de eventos adversos que causam grandes impactos na sociedade e distinguidos pela sua origem.


São catástrofes que ocorre quando um evento físico perigoso surge de repente.

Os mesmos podem ser NATURAIS, HUMANOS E MISTOS.

Permito-me falar dos desastres humanos ocorridos em nossa cidade. Quanto mais forte for a participação do homem, maiores serão seus resultados.

Muitos culpam Deus pelas enchentes em Esperantina, no entanto o principal fator de inundações é a estupidez humana.

Fumar é processo lento da morte contemporânea.
Beber álcool nos destrói lentamente.

Falta de humildade nos leva até mesmo a LIMPAR VIDRAÇAS e sermos opositores de meia tigela nas rádios da cidade.

Quem são estes que estiveram com o poder nas mãos de mudar os desastres do passado e hoje sofre limpando vidraças de butiques, falando e escrevendo besteiras alegando está usufruindo de liberdade de expressão, de fazer direitinho o papel de opositor aos desastres do momento?

São aqueles que não têm o compromisso de salvar-nos de desastres piores. São aqueles que para salvar o próprio egoísmo natural nos ensina a fazer e provocar uma verdadeira onda de maiores desastre por falta de simplicidade.

Diques, políticas públicas não existiram, não existem e muito menos nos próximos 12 meses irão existir pelo motivo que os desastres humanos dividem-se em ANTES, DURANTE e DEPOIS de tais ações vergonhosas de continuação das más fé.

Fto- valcabral

Nenhum comentário:

Postar um comentário