8 de novembro de 2009

SÓ CONVERSA NÃO CONVENCE MAIS.

Podem me chamar de louco ou de radical, mas não venham me dizer que somente conversa basta para o momento atual.

Prestem atenção: estamos na era das consequencias. Não há tempo para mais conversas.

O que o diretor-gestor do DENTRAN deve fazer não é mais conscientizar esta população burra e sim, junto com a lei, punir os desrespeitosos.
Como?
Se já disseram que andar na contramão, não respeitar a sinalização, andar com kadron e em alta velocidade é proibido então deve ser feito agora é PUNIR.

Andar na contramão, punição de prisão do automotor e multa de 5 reais para ter de volta seu veiculo.
Não respeitar a sinalização, punição de prisão do automotor e multa de 10 reais para ter de volta seu veículo.
Andar com kadron, punição de prisão do automotor e multa de 15 reais, além da retirada do escapamento barulhento para ter de volta seu veículo.
Andar em alta velocidade, punição do automotor e multa de 25 reais para ter de volta seu veículo.

Seu Francisco Antonio, sem medo de perder votos, deve junto com o Legislativo, criar normas corretas que respeito o direito do cidadão para com uma vida melhor. Sejam elas ambientais ou mesmo sociais.

Sem planejamento a longo prazo nossa cidade não irá sair do buraco na qual se encontra.
Pensar em sustentabilidade não é apenas resolver problemas existentes, e sim prevenir problemas futuros.

Existem agentes de saúde, por que não criam uma guarda municipal para resolver o problema do trânsito em Esperantina? Por que não criam agentes ambientais para conscientizar e fiscalizar sobre os graves problemas da mãe natureza provocados pelo homem em nosso espaço?

Não basta nosso diretor de Meio Ambiente falar e falar nas palestras em escolas municipais e privadas sem a devida punição pelos atos proibitivos provocados pela mesma platéia dessas cansativas palestras.
Fazer umas palestras sobre o que não deve ser feito ao meio ambiente no início do ano em todas as escolas já é bastante.
O que deve ser feito no restante do ano é punir estes atos da sociedade perante nosso meio.

Jogar plástico pelas ruas é errado, quem fazer isso será punido, no meu ver é assim que deve ser.
Falar em conscientização para uma sociedade em que até mesmo uma criança de 3 anos já sabe o que fazer, imagine um adulto.

Informações a cada dia chega até nós de uma forma mais rápida, então deixar de fazer o que não deve já é conhecimento de todos.

Para fazer pelos menos um trabalho este ano, o presidente da Câmara dos Vereadores de Esperantina, Jânio Aguiar, deveria apresentar na casa do povo um projeto que envolvesse todos os vereadores, para a necessidade da criação de leis que punisse todos os desrespeitosos, leigos ou não, pelos seus atos de vandalismos junto a comunidade geral.

Abram os olhos representantes do povo, pois conversa não convence mais.

Ft-portalaz, André Lopes

2 comentários:

  1. Falou e disse, é assim mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Ola Amigo!!

    Dessa forma, chamando a população de burra não adiantará mta coisa... A punição deve ser feita sim! Mas com algumas regras básicas!!! O Detran não quer, já que existem vários erros a serem sanados e isso nao é de hj. A conscientização tem que partir das pessoas que fazem o erro.

    Adoro suas matérias!!!

    MAs todos sabem o que tem q fazer...

    Bjus

    ResponderExcluir