29 de março de 2010

Desperdício de dinheiro com politicagem

Preferes um presente com uma bela embalagem mais sem conteúdo ou um belo conteúdo embrulhado com papal de jornal?

Quais todos os anos verbas da saúde vão ao ralo no Hospital Estadual de Esperantina.

Seria melhor fazer outro hospital ou investir no devido conteúdo de uma saúde digna para nossos doentes pacientes?

São tantas perguntas que não querem calar que chegam a me revoltar.

Anos mais anos tintas, cimento, mão-de-obra dos operários são gastos para a reforma do esqueleto desse hospital.

Carne boa de humanos que compõem este quase matadouro humano nada muda, sempre podre.

Queres um atendimento vip? Então não vá a este Júlio Hartman.
Queres ser atendido em Teresina? Então dê uma passadinha pelo "novo" inaugurado hospital para receber uma quite viagem.

Estas são as obras do povo lá do morro.
Atendimento mal qualificado. Nem todos estão inclusos nessa lista de INSENSÍVEIS HUMANOS para com a dor do próximo que ali estão.

Os aplausos hoje surgiram durante a inauguração da inacabada obra. Isso mesmo. Nem mesmo terminaram já inauguraram. Motivo? Politicagem.
Não podem inaugurar obras governamentais depois do dia 31/30/10.

Este desperdício de dinheiro sustenta a base de uma politicagem sem procedências com intuito de aparecer na mídia em época de eleição e consequentemente ganharem alguns votos. Votos que podem fazer continuarem no poder.

A política tem mesmo suas estratégicas. Quem está no poder só perde se quiser, pois obras assim no intuito de quererem manipular as fracas mentes humanas não faltas.

2 comentários:

  1. Gostei muito desta matéria, pois pensa como eu.

    Outra coisa o banner da sua coluna não tá combinando. Bjo

    ResponderExcluir
  2. Vc tem razão, nesse hospital(matadouro)só muda a fachada,pq o atendimento em vez de melhorar só piora mais a cada dia q se passa.

    ResponderExcluir