Pular para o conteúdo principal

José Serra não gosta de Nordestino!

José Serra (PSDB) vai lançar um santinho de campanha inspirado no filme "Central do Brasil", de Walter Salles. Distribuirá cartões postais em rodoviárias e estações de trem de SP, para que os eleitores de origem nordestina enviem aos parentes que vivem na região. O texto dirá que ele "fez muito por nós em São Paulo", onde os migrantes vieram "tentar melhorar de vida".

Serra mente. Serra não gosta de nordestino

Vamos relembrar 2006

Em 2006, quando candidato a governador de São Paulo, José Serra deu entrevista ao jornalista Chico Pinheiro, na Globo de São Paulo. O entrevistador perguntou como o então candidato --atual governador-- explicava as notas baixas das escolas públicas de São Paulo – estado que os tucanos controlavam, então, há doze anos. A resposta de Serra foi taxativa: a culpa é dos migrantes.

"Diferentemente dos Estados do Sul [que foram os primeiros colocados na avaliação, São Paulo tem muita migração. Muita gente que continua chegando... Este é um problema", afirmou Serra na ocasião.
 
Com a péssima repercussão da entrevista --principalmente entre os nordestinos, que são a maior parte dos migrantes que vivem em São Paulo-- o governador tentou consertar a declaração e passou a elencar inúmeros fatores que também contribuíam para o péssimo desempenho da educação conduzida pelo governo do Estado.

Mas 2 anos depois de ter assumido o governo, parece que a gestão Serra ainda não encontrou os reais motivos para os problemas da educação e, se encontrou, não tomou providências pois o Enem continua mostrando que a situação educacional vai de mal a pior no maior e mais rico estado da federação.

Ou seja, para Serra, o problema da má qualidade da educação em São Paulo é o Nordeste. Além de preconceituosa, a avaliação é equivocada. Um nordestino não é mais burro do que um paulista. Só é mais pobre. E para crianças pobres o que São Paulo oferece são escolas públicas indigentes. Um problema que não vai ser resolvido apenas colocando dois professores em cada sala de aula, como prometeu Serra.

Fte- osamigosdopresidentelula

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).