17 de setembro de 2010

E você, o que está fazendo da sua vida?

Encontre seu caminho.
Está sentado a assistir uma novela das 7h00min que começa as 7h15min?
Está prestes a sair de casa achando que vai melhorar o mundo?
Acha-se o intelectual por ter terminado de ler um livro de auto-ajuda ou assistido um filme norte-americano que tenta, e infelizmente consegue, iludir a verdade frente a realidade?

Espere um pouco!

Você que sempre chega atrasado ao trabalho e acha isso normal por ter colegas que faz isso todos os dias o que está fazendo da sua vida hoje?
Não diga que isso é correto pelo motivo de quem vos representa na política nacional trabalha apenas de terça à quinta-feira e ainda tem transporte pago no fim do mês pelos nós contribuintes.
Não é correta a vida que temos.
Sair de casa já pensando em voltar para o lar somente para deitar em uma rede e cair no sono.
Beber uma Ypióca de limão e viver na lua se achando rico suficiente para pagar mais uma rodada para os colegas que o acompanha na mesa.
Desejar terminar um curso superior só para ficar em uma sela a sós quando for preso ou pelo motivo de achar que um curso superior lhe fará ser alfabetizado a ponto de saber escolher corretamente seus gestores.

Não é usufruir a vida ao amanhecer do sol já está pensando em um lindo pôr-do-sol como se não existissem 12 horas de diferença entre este movimento da terra que passa sobre, dentro e sob nossas cabeças. 12 horas é tempo suficiente para você mudar o mundo começando pelo seu.

O que está fazendo da sua vida. É correto trabalharmos para os outros vim nos roubar em um minuto e por cima ainda nos chamar de vagabundos?
Quem nos rouba? Nós mesmos pelas mãos de quem deixamos de dar uma boa educação, saúde, respeito e atenção quando criança ou por nos acovardar em não dizer NÃO a quem nos rouba alegando que este é o nosso sistema político.

Obrigados somos em votar. Pelo jeito nossa democracia começou errada. Democracia que nos obriga a sair de nossos lares em dias de domingo pela manhã e tarde para "entre aspas" exercer nossa cidadania.

São obrigados por querem ser. Não evoluem. Ainda são analfabetos. Vendem-se por algo mais barato do que jogo pelo vaso. Falta-os consciência. O que recebem são servem a longo prazo. Apenas sacia aquele instante. Quantos jovens não recebem 30, 40 reais para encher a cara em troca de um voto para encher os cofres de milhares de pessoas por 4, 8 anos em nosso Brasil?
Realmente o que vocês estão fazendo  de suas vidas agora além de ler este texto de alguém que vocês não conhecem, cheio de erros e esperançoso para entrar no museu como sendo um texto de uns povos outrora canalhas por natureza? 
Caminhe diferente.
Ftos-possibilitandosonhos e aprendizdaimaginacao

Nenhum comentário:

Postar um comentário