22 de novembro de 2010

Nada melhor do que um bom Músico.

Renato
Não era John Lenno muito menos Roberto Carlos ou Luiz Gonzaga. Mais era Paul McCartney ontem a noite.
Fiquei feliz em ouvi-lo cantando clássicos da música. A eterna "Hey Jude" me emociona.

Nada comparável é claro, aos nossos artistas músicos.
Fora os dois já mencionados, temos um Djavan, e que falar de Caetano, Fábio, Marrom, etc.

Hoje onde se comemora o dia do Músico nada me deixou mais feliz neste domingo de Novembro foi rever o eterno Renato Russo na sua intimidade com uma Legião Urbana de Amigos.
Fez brilhar meus olhos em ver, novamente, talentos brasileiros que modificaram o pensamento dos jovens brasileiros na década de 80 e 90.
Para finalizar esta matéria vou citar um trecho da uma música, não da Legião muito menos de Renato, mas sim de Elis Regina que define muito bem este meu momento:

Elis
"Casa no Campo"
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
Meu filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário