9 de dezembro de 2010

Dia da Justiça, e daí?

ainda estou vendo
Este negócio de feriado aqui, amanhã, na próxima semana nada mais é, particularmente, atraso de um povo.
Podem dizer que somos um povo de um país religioso, que respeita momentos que marcaram, para sempre, nossa história. Não me venham dizer que é necessário parar para lembrar alguém ou alguma coisa.

Ontem se comemorou o dia da Justiça. Será por isso que paramos por mais um feriado? Disseram-me que era dia santo. Não importa, o que importa é que novamente paramos. Paramos de produzir.

No entanto hoje parei para escrever e elogiar não a justiça e sim o Promotor de Justiça de Esperantina o Seu (Seu com "S" maiúsculo) Sérgio Reis Coelho, Seu porque Doutor para mim é quem tem Doutorado, pelo seu digno trabalho que tem realizado em nossa cidade nos últimos meses.
Espero não está lhe desrespeitando Seu Sergio, pois aqui estou para lhe aplaudir e não para lhe dar palmadas.
Simples, direto e necessário.
A maioria do povo de Esperantina, isso inclui você que está lendo agora esta matéria, está acostumado com o erro aponto de que quando deve seguir o correto vive a chiar.

Ex: o Código de Postura da cidade, na qual poucas pessoas conheciam, está sendo respeitado através da construção de muros em terrenos urbanos que até pouco tempo não eram edificados. A justiça está sendo feita por conta da ação de um trabalhador da justiça. É como se Esperantina estivesse com uma nova vestimenta. Uma nova cara.
Parabéns e que a Justiça seja feita. Se for para o Seu Chico sair do mandato que sai deste que entre o ex-prefeito, mas na cela de uma penitenciária, e que o barbudo entregue alguns trocados desviados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário