14 de dezembro de 2010

O menino que jogava Hóquei!

Amanhã comemoraremos a Fundação da Academia Brasileira de Letras. Fundada em 15 de Dezembro de 1896 às 15 horas por um grupo de escritores independentes a ABL denota reconhecimento por quem deixou e deixa sua marca através das letras.
Um verdadeiro êxito literário deixa-nos comovidos por uma criança que, horas se chamava de chico e horas era chamado de hóquei.

Entre petecas, castanhas, mangas da praça da biblioteca, olha só a aproximação deste cedo pela leitura, um menino brincava de ser gente grande.

Os males foram surgindo em sua vida. Imigrante à procura de algo mais. Sempre à brincar de ler e escrever seu chico, nas horas de loucuras das alucinações de um menino, gostava de brincar sendo chamado de hóquei.

O que tem a ver a brincadeira de menino com a fundação da Academia Brasileira de Letras?
Acham que sou louco? Que estou escrevendo sem nada ter haver com as normalidades literárias?

Não. Não estou mesmo.

Estou apenas lembrando a vocês que amanhã o Seu Chico da ficção mais conhecido como Roque da realidade estará lançando um livro exatamente no dia da Fundação da Academia Brasileira de Letras. Não teria outra data tão adequada para um momento como este.

Será que este esperantinense tem chances, de um dia, chegar a tal Academia?
Vamos ter que participar de outros lançamentos desse escritor esperantinense.

Resta-nos esperar que continue sendo aqui em nossa terra, mesmo que seja preciso viajar pelo mundo fantástico da imaginação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário