12 de julho de 2011

E a fila continua, não é seu BB?

Foto quase ilustrativa
Em outra postagem sobre o tema - BB -(clique aqui) elogiei e critiquei alguns pontos sobre a mudança de endereço do prédio onde irá funcionar a nova agência do BB em nossa cidade.
Sendo assim volto ao assunto agora para, tristemente, falar das longas filas e espera por parte desse órgão governamental onde o mesmo tem a obrigação de oferecer da melhor forma um serviço de qualidade: acesso, comodidade, rapidez, conforto, RESPEITO aos seus usuários que pagam taxas altíssimas para usufruir de tais serviços.
Para os jovens nem tanto é difícil esperar 15 minutos nas longas filas, como a LEI manda, apesar de que até os jovens merecem respeito, imagine os coitados idosos que depois de dias trabalhando se dirigem à agência no fim do mês para receber seus proventos e ao chegarem no BB ainda têm que ter a paciência para passar horas esperando o que de fato é seu: dignidade, reconhecimento, RESPEITO e também o dinheiro, posso até dizer que este último é o mais banal nesta história de falta de humanidade.
É só um falar que irá ligar para a Ouvidoria do BB que alguns engravatados de tal empresa para os mesmos se comportarem gentilmente.
O que o MP têm a falar sobre este descaso não só da agência de Eseprantina como também de outras para como os idosos e clientes em geral?
Vamos abrir os olhos para a fila não crescer e os serviços diminuírem, a concorrência está aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário