20 de setembro de 2011

O império dos EUA está chegando ao fim!

Como qualquer império que reinou os mais variados cantos da terra em determinada época de nossa história os Estados Unidos da América - EUA - está chegando ao seu fundo do poço, ao seu aniquilamento.
Com quase 15 milhões de desempregados, 446 mil funcinários públicos despedidos desde 2008, 1,5 milhão de famintos só Nova York sendo que 40% são crianças os EUA sente as consequencias da crise do capitalismo.

Para descrever melhor esta situação vejamos infográfico na tentativa de entender esta encrenca:
100 dólares: nota mais conhecido no mundo

 10 mil dólares: grana suficiente para torrar numas férias caprichadas.

1 milhão de dólares: equivalente a cerca de 92 anos de trabalho de um humano médio.

100 milhões de dólares: Opas, dá para arrumar a vida de qualquer bom gastador.

1 bilhão de dólares: agora a coisa ficou séria, somente para cachorro grande.

1 trilhão de dólares: se você gastasse um 1 milhão de dólares desde o dia 1 do ano que Jesus nasceu, não teria gasto até hoje a soma de 1 trilhão de dólares, mas apenas cerca de 700 bilhões. Quando o governo dos EUA reconhe um déficit de U$ 1,7 trilhão, isto representa apenas o valor que ele tomou emprestado em 2010 para manter a máquina do estado em movimento.

15 trilhões de dólares: se o governo americano não resolver o déficit, a dívida alcançará 15 trilhões de dólares até o natal desse ano. Estoura o teto máximo permitido por lei, hoje fixado em U$ 14,3 trilhões. Um volume capaz de assustar a Estátua da Liberdade.

E o que nosso blog acha disso? R$ 1 Mil Reais de maravilha. Esta arrogãncia tem que cair da mesma forma que a arrogãncia do Moacir, Manoel Bastian e outros comerciantes de nossa cidade cairam tempos atrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário