15 de outubro de 2011

Capital ou Festa? Festa ou Capital?

Eis o dilema.
Preste a disputar uma nova eleição Seu Chico bate a cabeça e pensa: como agradar uma das maiores classes de trabalhadores de minha cidade?
Devo dar-lhes uma Festa ou Devo dar-lhes um Trocadinho para eles mesmos fazerem sua festa?

Esperantina não é doce mais é dura de aturar.

Alguns colegas de profissão acharam bem melhor receberem 20% de seus salários neste dia em que se comemoram, não muitas coisas, o Dia do Professor.

A pergunta que se fica é: de onde está saindo este dinheiro?
Nosso blog pergunta: somente os professores receberão este dinheiro ou todos que trabalham na educação do município também serão reconhecidos?
E mais: será que este capital não é o que restou da sobra do MEC referente ao ano passado? Caso seja está sendo entregue aos donos em forma de PRESENTE.
A política precisa desses jogos para se tornar interessante e também, digamos a verdade, obscura.

Mesmo assim Seu Chico se queimou e há de se queimar ainda mais se continuar a pisar  na bola nas vésperas de uma nova disputa pela Mãe Joana esperantinense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário