Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Mais um aninho!

Quem troca de idade neste 30/12 é Kátia Lopes Silva, esposa desse que vos escreve. Ela estará recebendo os cumprimentos, "e PRESENTES" de amigos e familiares durante um pequeno churrasco em nosso humilde lar deste as primeiras horas do dia. Então antes de ir comer mais um pedacinho de carne bem ali sim gostaria de desejar toda felicidade do mundo a você neste dia e neste novo ano que está para começar. Realizações, paz interior, sabedoria e um pouco mais pra você lhe desejo. - Para finalizar você gostaria de mandar algum beijo? - Sim! - E pra quem? - Pra minha mãe, pra meu pai e pra você! kkkkkkkkkkkkkkkkk de Kátia e Keliton.
Feliz Ano Novo a todos!!!!!!!!

Espaço Suburbano esperantinense!

Enveredar pelas vielas, becos e ruas não é difícil para nós esperantinenses. Algumas cidades brasileiras nasceram, tais como Belo Horizonte, Brasília, Palmas, tendo já todo seu mapeamento feito. Cada rua, esquina, quadra ou quarteirão já estavam desenhados em linhas tortas. O crescimento de Esperantina foi bem diferente e por que não dizer quase todo aleatório por conta da falta de um planejamento urbano. Nosso ambiente urbano não é lá estas coisas maravilhosas. Não temos saneamento de vergonha e respeito muito menos ruas limpas, claras e dignas para serem trafegadas. Nossa cidade nasceu à beira de um rio. Então as primeiras ruas e parte delas mais próximas ao Longá estão mais conservadas? Nem todas. O que dizeres destas imagens? Vocês sabem de que rua esperantinense estas imagens retrata? Algumas dicas para ver se descobrem: Um ex-prefeito morou nela; Rua comercial de Esperantina; Tem três praças em seu percurso; Na parte sul tem asfalto, na parte central tem paralelepípedos e na pa…

Neste fim de ano eu só queria que vocês soubessem...

Pegando uma perninha de Gonzaguinha eu só queria que vocês soubessem que a Geopolítica esperantinense é feita e "desfeita" por nós mesmo, simples humanos que: Rir do aumento dos absurdos salários do legislativo e executivo que não têm um pingo de vergonha de aprovarem tais aumentos; Aplaude as promessas que não nunca irão ser cumpridas; Lamenta os buracos das ruas pelas costas da verdade com medo de serem perseguidos; E principalmente se omitem de seus direitos ao não fazer nada por melhorias de nossa gente. Só quando a população colocar as mãos na massa através de passeatas, manifestações "radicais" nossos governantes passarão a fazer o que nós queremos e precisamos. Enquanto tudo e ninguém fazer nada irão continuar a nos roubar a dignidade. Também gostaria que vocês soubessem que sou responsável pelo que escrevo, falo e não pelo que vocês interpretam ou entendem. Eu sou o que eu penso e para vocês sou o que eu transmito. Que sou brasileiro, mas não torço pelo Corinthian…

Brasil precisa de mais estados?

Em uma matéria publicada dias atrás intitulada A BURRICE DO NÃO falamos a respeito da divisão do estado do Pará em três. Falamos de nossa opinião sobre o assunto e muitos comentários foram feitos devido a nossa discordância quanto ao NÃO dado pelos paraenses ao plebiscito que almejava saber se a população daquele estado queria ou não a divisão. Relembrando as aulas de Geografia podemos ver que os estados do Pará e Amazonas são enormes e com baixa densidade populacional. Isso agrava quem não mora perto do (s) grande (s) centro econômico. Reafirmamos nossa opinião que defende a divisão ao dizer que na ESSÊNCIA da questão levantada a divisão é positiva. É positiva a longo prazo, para tanto deve existir a diminuição de fatores que nos atrasa quanto a nossa política: corrupção e burocracia. Reconhecemos que esta divisão nasce do desejo de políticos que não quer nada de bom para a população em geral. Aqui mesmo no Piauí o mais interessado dos políticos partidários é o Júlio César. E quem …

Fim do mundo ou início de uma nova era tecnológica!

Eis a questão do século XXI. Sempre tento fazer uma análise do que está acontecendo ao meu redor e acho que vocês deveriam também fazer isso. Pensar na vida, em nossas atitudes, erros e acertos não irá tirar pedaço algum de nós. Lunáticos de plantão correndo para as academias na tentativa de, melhor qualidade de vida não é, aparecer uma pouco mais nas rodas de amigos com músculos maiores e barrigas enxutas. Os mesmo lunáticos fazendo caminhadas a passos de tartaruga para dar tempo de falar da vida alheia e não para fazer com que os ataques cardíacos diminuam. Passamos pela 1ª, 2ª e 3ª Revolução tecnológica. Hoje estamos vivendo a 4ª. Bom ou ruim? Depende de seu ponto de visto e mais do que isso depende muito da sua cabeça, ou seja, o que está realmente fazendo de bom para sua vida e seus colegas. Vejamos: Isso aqui é preguiça, comodismo, ganancia por dinheiro a ponto de pensar que pode tudo, mudança de hábitos alimentares ou retrocesso educacional? Os anos mudam e parece que a popula…

Até que ponto o planeta aguenta?

Sabe a resposta para a pergunta do título dessa matéria? Não? Então continue a dar vida. A teoria de Thomas Malthus não vigou. Dizia ele, em 1789 através de muitos alertas, que o crescente aumento populacional traria a fome devido a falta de alimentos suficientes para saciar tantas bocas. Diz ele que este aumento populacional estava sendo oriundo do aumento na produção de alimentos. Correto. Hoje não podemos dizer que o crescente contingente de alimentos vem da grande quantidade de mãos trabalhadores por conta da substituição dessa mão pela tecnologia. Sustentavelmente o planeta não sofre de fome por falta de alimentos de sim da partilha do mesmo. A concentração dos alimentos nos países desenvolvidos e emergentes traz o grande dilema: o planeta aguenta dar comida para 7 bilhões de bocas? Vai chegar o momento que não. O Brasil é o maior produtor de alimentos do mundo, mas será que todos os irmãos brasileiros tem três dignas refeições diárias? Também não. Ontem dizeram que o Brasil se …

Turma Técnico em Enfermagem no CEEP Leonardo das Dores realiza sua Aula da Saudade

A primeira turma em Técnico em Enfermagem (2008/2011) do CEEP Leornado das Dores teve sua última aula no dia 15 do corrente mês. A aula foi bem diferente das normais. Primeira diferença foi o local, invés da escola propriamente dita o local escolhido foi a Boate Spacy Trans e invés da farda de costume o vestuário escolhido foi a fantasia infantil. Choro, bolo, cerveja, boas lembranças, criticas e elogios ladearam esta maravilhosa noite. Os enfermeiros Gustavo Rocha e Marcone foram escolhidos os padrinhos da turma. E aqui estão alguns registro dessa inesquecível noite:

Confraternização do Pirão da Parida foi assim...

cheia de alegria e distração como deveria ser. Três times e um objetivo: celebrar a paz, a harmonia, a amizade e tudo de bom que pode existir entre um grupo que há mais de dez anos se une aos fins de semana para antes de qualquer coisa ajudar o corpo, a mente em um mundo tão corrido como o nosso. Também teve: Time que renasceu das cinzas que acabou sendo campeão; Professor João Batista fazendo ponte aérea na pequena área como se fosse um goleiro de verdade; Fabrício Jackson fazendo gol, melhor dizendo, gols; "Mar meder" jogando queimado, não pelo sol, e sim pela manquita; Risos; Abraços; Pernas de pau reclamando com tudo; Juiz querendo "roubar"; Novamente este que vos escreve não sendo campeão; Palmadas para o aniversariante do dia - Fiat - mais conhecido como Aloísio Castro Som do carro do João Batista atrapalhando a conversa dos amigos não por ser potente, pelo contrário, por ser muito baixo a ponto de ninguém poder conversar assim não daria para ouvir o que s…

Acadêmicos de Geografia da FTC se confraternizam meio ao Natal.

Fim de ano é o início de uma nova vida. É hora de reconciliar consigo mesmo todas as atitudes tomadas no passado pensando no futuro próximo. A fé nos mantém vivos e nesta áurea de paz os acadêmicos de Geografia, VI Módulo, da FTC se reuniram em sala de aula para desejar a todos os colegas dias melhores, muito estudo, paciência, realizações e sabedoria para o ano que vem. A confraternização foi recheada de bolo, "figerante", discursos emocionados e abraços de uma turma que está chegando ao fim depois de muitas quedas, insegurança, no entanto, nosso irmão Jesus  não nos deixou desistir dos nossos sonhos. Alguns colegas ficaram pelo caminho mais ainda nos encontraremos pelo caminho da vida.
Felicidades a todos estes acadêmicos que um dia serão mestres de nosso futuro.

Colegas do Pirão irão realizar Confraternização de Natal.

Neste Sábado, vésperas de Natal, os colegas que compõem o Pirão da Parida irão se unir para realizar a Confraternização de Natal em um jogo entre seus sócios. Na tarde de 24/12, no campo da AESPP (Associação Esportiva Pirão da Parida) todos os amigos que compõe este grupo de amigos que a mais de dez anos se une aos sábados darão mais um exemplo de solidariedade, paixão, amizade, companheirismo, amor ao próximo, etc, que esta época do ano nos faz reviver em nome de nosso irmão Jesus Cristo que morreu para nos salvar. O jogo valerá apenas umas grades de cervejinha e um belo churrasco recheado de um bom papo de amigo. Todos os sócios estão convidados para participar dessa confraternização que tem horário para começar a partir das 16:00 hs, mas que não tem horário para terminar. Deste já o Pirão da Parida deseja boas festas de fim e início de ano. No ano que vem nos encontraremos novamente!

Jogo de compadres.

Antes da Final do I Intercolegial houve uma preliminar entre os times formados pelos professores do CEEP Leonardo das Dores e professores da rede estadual da cidade vizinha do Morro do Chapéu do Piauí. O time da casa foi formado por este que vos escreve, Paulo Afonso, Cotonete, Carlos Jr., Delano, Antonio Filho, Joãozinho, Martonio e o treinador Thiago Mesquita. Já o time do Morro do Chapéu foi formado por Band, Neto, Daelson, Fábio, Jardel, Mário, Gilbervan, Fernando e Galego.
E quem ganhou? Quem, quem, quem? É claro que foi o time da casa pelo placar de 5 x 1 com gols de Carlos Jr. (2), Paulo Afonso (1), Antonio Filho (1) e 1 desse que vos escreve. Pelo time adversário Mário marcou.
Este foi o jogo de volta entre as duas equipes que se enfrentaram na cidade do Morro do Chapéu meses atrás onde o jogo terminou empatado pelo placar de 5 x 5.

I Intercolegial de Esperantina chega ao final.

Depois de muitas lutas, dribles, rasteiras, gols e golaços chegou ao final o I Intercolegial de Esperantina. Este torneio foi organizado pela LIEF (Liga esperantinense de Futsal) com apoio da Prefeitura e Secretaria de Educação de nosso município com escolas da rede municipal e estadual de nossa terra do Longá. Quem se consagrou campeão desta maravilhosa e brilhante competição foi o time do CEEP Leonardo das Dores manhã que embolsou uma fatia boa pra dedéu pela vitória por 5 x 1. O vice campeão foi a E. M. Gervásio Lages que também teve seu incentivo financeiro. Vale ressaltar que de acordo com o regulamento desse torneio os times finalistas deveriam ser um da rede estadual e o outro da rede municipal como forma de interação educacional e esportiva.
Em breve mais competições dessa liga da justiça futebolística chamada de LIEF que nasceu para descobrir talentos esperantinenses. Parabéns pela conquista CEEP Leonardo das Dores.