17 de fevereiro de 2012

Queimadas no perimetro urbano incomoda vizinhos!


Vai uma fumacinha aí?
Em tempos de preservação e sustentabilidade ambientais ainda tem gente que continua com a desastrosa mania de queimar. Queima papel, plástico, madeira e minha paciência.
As queimadas, industriais e florestais, contribuem para o aquecimento global trazendo problemas dos mais variados possíveis, seja naturais como também humanos. Não basta a queima do petróleo nos automóveis?
Para a saúde humana esta fumaça que sai das queimadas é como um passaporte para os hospitais e futuramente para o cemitério. 
Há registros que mostra que milhões de crianças do mundo morrem por conta das queimadas seja por alergias ou por doenças respiratórias.
Tenho um irmão que não pode ver um entulho que quer queimar. Tenho vizinhos que pensam que a rua e o quintal são lugares para abusos.
Meus vizinhos, um deles é professora e mora no Bairro Palestina Q - 02, Casa (não posso dizer), não pode juntar um lixinho que o fogo pega. Pior do que isso é que os mesmos saem para fazer algo no centro e deixa os outros vizinhos, inclusive eu, no centro da fumaça. Esta fumaça incomoda crianças, idosos e enfermos. Devo também dizer que no bairro Palestina, além de idosa tem uma mulher enferma sofrendo com esta atitude nada formal com a devida conduta humana em época de preservação ambiental. 
Não posso lavar uma roupa, não posso abrir as janelas para correr um vento por que a fumaça do vizinho não deixa.
Pela manhã, tarde e algumas vezes até a noite.
Não quero perder a amizade muito menos arrumar um inimigo mais sei que este ato é proibido por Lei (Código de Postura de nossa cidade) que está em consonância com a LEI 9605, DE 12/2/1998.
Se for preciso vou denunciar seja para quem for, pois meu direito de viver sem fumaça (não ser incomodado em pleno meu lar) deve ser respeitado. Tenho direito de respirar ar e não fumaça, veneno.
Basta!

Um comentário:

  1. Vivemos em meio a marginais. Quem estaciona o carro ou a moto em uma calçada é um marginal, um passo para infrações maiores; um passo para uma pequena contravenção; um passo para realizar um crime. Vizinhos geralmente são egoístas anti-sociais que nos fazem sofrer. Estudemos, pois. Leiamos sobre nossos direitos constitucionais e sobre as leis do nosso país, do nosso município. Denunciemos e punamos os anti-sociais.

    ResponderExcluir