1 de junho de 2012

Longá - Para que te quero?

Rio Longá
As primeiras passadas do gado bovino em terras da Boa Esperança nasceu às margens das mansas águas suas, onde o rio dormia na sua inocência vendo em seus sonhos um povo crescer.
Pouco posso lhe fazer perante o muito que você pode me dar. Deste cedo fui nutrido com este abençoado alimento chamado de Longá.
Bebe o homem, a mulher, a criança e o idoso. Bebe o animal, o visitante e o imoral. Imoral este que na essência de seu significado desrespeita em não cuidar desse patrimônio de todos esperantinenses.
Ao tempo que seu povo cresce nossa querida Esperantina degrada ás margens do rio com lixo, entulhos.
Muitas cidades mundiais nasceram às margens de um belo rio.
Abençoado pela economia do gado bovino várias famílias construíram seus impérios e pela nostalgia das belas águas do Longá Esperantina cresceu e continua a crescer a passos que teimam em tropeçar na sonolência de um povo que acostumou-se a delegar obrigações aos ombros dos outros.

Frases como esta frequentemente ouvimos:
" Tenho que me nutrir dessas águas, no entanto quem tem de preservar-las são os governantes".
Infelizmente temos este desrespeito para com o Rio que além de ser um patrimônio fluvial também é social, econômico, cultural e  ambiental não só de nossa cidade mais também do nosso estado.
Todos os dias percebemos que os males são bem maiores do que os benefícios ocasionados pela ação antrópica para com este rio.

Então para que te quero Longá?

* Para lavar minha mente poluída das ações mundanas ocasionadas pelo egoísmo capitalista?
* Para ver em você um povo trabalhador como espelho para uma geração futura maus justa e consciente?
* Para limpar a roupa de corrupção humana?
* Para renovar a vida a cada criança que nasce?
* Para apenas dizer que você é meu mesmo sabendo que tanto eu como você somos um do outro?
* Ou para dar continuidade a esperança de um mundo melhor e equilibrado ocasionado por você?

Sim, preciso muito de você Longá. Não só no dia Dois de Maio, mas sempre.
Você vive para trazer vida, você brilha para nos guiar, palavras não vão lhe salvar, no entanto simples ações de agora poderá está nascendo o despertar para o seu equilíbrio hidrológico.
Parabéns Rio Longá.

Artigo feito em 02/05/2012
Fto - diariodolonga

Nenhum comentário:

Postar um comentário