20 de junho de 2012

A profissão do ano: PUXA SACO

Alguém sabe dizer-me qual profissão a imagem descreve?
De acordo com o estudioso da língua portuguesa Aril Riboldi a palavra dessa profissão surgiu nos quartéis por conta dos soldados respeitarem, além do necessário, seus superiores a ponto de não levantar uma pena nos trabalhos de campo.
Alguns gestores do Brasil, em especial do Território dos Cocais em ano eleitoral são bajulados por tais "profissionais".
Através das Mães Joanas (prefeituras) os gestores conseguem hipnotizar certos aloprados a ponto de ocasionarem cerqueira crônica.
Então nosso Blog informa: as vagas para PUXA SACOS estão abertas, apesar de que quase todas já estão preenchidas.
Em cidades como Batalha, Joaquim Pires, São João do Arraial, MORRO DO CHAPÉU e ESPERANTINA para este cargo não falta pretendentes e servidores.
E o que faz estes "homens e mulheres de um voto só" comportar-se dessa forma?
Cargos, vantagens financeiras e trabalhistas são os mais citados na lista de motivos que fazem com que estes aloprados humanos defendam, com unhas e facas, quem os ajudam agora antes das eleições.
Caso queiram comprovar o que escrevo basta prestar atenção nas festas, aniversários, inaugurações e encontros partidários do momento atual onde estes verdadeiros profissionais na arte de ser cara de pau estão rodeando "o pão deles de cada dia" como se fossem corvos ao redor da carniça.

É lamentável ver estas figurinhas exaltando, idolatrando, amando e DEFENDENDO gestores a ponto de soltarem a célebre frase: "nunca na história dessa cidade houve um prefeito como este".
Os interesses são muitos e afirmam que em certos casos são até mesmo necessário para a sobrevivência humana, mas agora vim dizer que preciso vender meu caráter, dignidade, vergonha e alma para conseguir-los, jamais.

Caso algum leitor puder guardar esta matéria verá que no próximo ano ele (puxa saco) estará falando mal de quem ele hoje defende. Assim como fez com todos pelos quais passou. É só aguardar.

Fto - tinhapontocruz

Um comentário: