3 de agosto de 2012

Por que Themistocles Filho desistiu do TCE?

De vez enquanto dar-me aquela luz que mesmo estando no fundo das perfurações solidificadas traz à tona algumas situações que só aparece por aqui, somente em terras do piau e também em meus neurônios.
Primeiro o presidente da ALEPI postulou ser candidato à uma vaga do TCE (Tribunal de Contas do Estado) deixada por Xavier Neto e em seguida o "Wilsão" desejou, e conseguiu, que sua esposa tivesse um "trabalhozin" de quase 20 mil reais por mês e até que a morte nos separe (trabalho vitalício).
A briga estava armada. Nadinha de nada.
Um dos maiores, se não o maior, político do Piauí - Themistocles Filho - só preparou uma estratégia para continuar como presidente da ALEPI.
Por debaixo do tapete provavelmente acontecera que: "desisto da candidatura à vaga do TCE para sua esposa ser eleita em troca você apoia-me para continuar como o todo poderoso da ALEPI"
E assim mais uma página da política piauiense foi escrita com manobras politiqueiras de interesses (que aqui todos sabem que não são da coletividade) próprios.
Outra pergunta fica no ar: por qual motivo o mesmo Themistocles Filho, que tanto quer governar nossa cidade, não saiu como candidato em Esperantina?
Será porque sonha em ser, um dia, Governador do PIAAAAAAAAAAAAAAAUÍ?

Estas e tantas outras perguntas surgem-me de vez em quando que preciso fazer-las para todos ou pelo menos àqueles que nos ler possam refletir comigo sobre estas atitudes que só acontecem em anos de números pares.

Fto - Waldelucio Barbosa em 18/04/12

Nenhum comentário:

Postar um comentário