5 de setembro de 2012

A mudança somos nós que fazemos!

Na minha infância aprendi que as crianças copiam, mesmo ainda dentro da barriga, os passos do pai.
Meu Papai Motorista mostrou-me os caminhos mais difíceis que devemos percorrer para se obter sucesso e chegar com alegria onde pretendemos.
Minha Mamãe professora deu-me a devida lição de como caminhar com os próprios pés sempre com a cabeça erguida para ver aonde se quer ir.
Motorista e Professora! Poderia ter tido uma aprendizagem melhor? Não, sim? Sim, não? Independente das profissões o importante é que a lição foi dada.
Os homens vivem em sociedade que há necessidade de comunicação. O homem vem evoluindo de acordo com as características do momento. A abordagem de agora (século XXI) exige ainda mais dialogo para ser obter educação e consequentemente obter uma sociedade, um grupo, livre.
Livre dos atos imundos de quem faz dessa sociedade um espelho de sua própria vida. Os ensinamentos já não são mais os mesmo influenciados pela tecnologia perversa de quem não sabem usá-la.
Se anarlisarmos bem o comportamento de 120 homens e mulheres neste contexto político partidário em que viveciamos podemos perceber que o melhor lhes faz mover a ponto de esquecer seus ensinamentos humanos solidários que receberam em sua formação cidadã.
Estamos observando que o problema de nossa querida Esperantina não está em poucos homens e mulheres, que aqui os chamos de corajosos por darem a cara a pancadas e se venderem para este sistema capitalista, mais na sociedade que se acomoda a ponto de não escolherem melhor seus dirigentes.
Ouço bastantes pessoas humildes e outros nem tanto assim disseram que os políticos de Esperantina não prestam, não estão interessados em melhorar a vida de nossa gente.
Afirmo que não estão nem aí pra nós.
O culpado de tudo isso? Somos nós mesmo que ainda escolhemos mal.
Devemos aprender todos os dias com as lições nos dada, seja de pais para filhos ou de irmãos para irmãos.
A estrada é longa, o dever de casa permanece mesmo na velhice.
Onde queremos chegar vai depender de nossas escolhas e mudanças. Jamais deixe de trilhar pelo caminho certo para entrar em sala de aula erra.
Dirigindo ou lecionando, guiando ou ensinando devemos sempre está atento que muitas das vezes nosso sucesso está em nossa vontade.

Um comentário:

  1. CONCORDO COM VOCÊ, O PROBLEMA MEU CARO AMIGO MACELINO, É QUE PESSOAS COMO NÓS, QUE INDEPENDEM DE POLÍTICA, SÃO ALVOS DE MUITAS "PICUINHAS", NO QUAL ODEIO, POIS ACHO QUE ASSIM COMO EU, VOCÊ TAMBEM ME PARECE SER DAQUELES QUE DIZ NA "CARA" QUANDO NÃO CONCORDA COM ALGO, E PELO FATO DE ESTARMOS SENDO REALISTAS E SINCEROS, MUITAS PESSOAS ACHAM QUE ESTAMOS PUXANDO "SARDINHA" PARA LADO "A" OU "B" E TRATAM A GENTE COMO POLÊMICO OU QUE QUER SER MELHOR QUE O OUTRO, SÓ PORQUE EXPRESSAMOS O QUE NA VERDADE MUITOS QUEREM DIZER E NÃO TEM CORAGEM DE DIZER. ESPERO UM DIA QUE CADA CIDADÃO SEJA UM FORMADOR DE OPINIÃO CONSCIENTE, AÍ SE COMEÇAREMOS A MUDAR O PERFIL DE MUITOS POLITICOS APROVEITADORES QUE TEM POR AÍ. SERÁ QUE DE 100% DESSES POLÍTIOCS ESTÃO PENSANDO EM ESPERANTINA OU NA REALIZADADE QUEREM SE BENEFICIAR FINACEIRAMENTE, AO MENOS 10% PENSAM NA MELHORIA DE VIDA DAS PESSOAS DE NOSSA CIDADE? A PERGUNTA ESTÁ LANÇADA.

    ResponderExcluir