Pular para o conteúdo principal

E o dinheiro dos porfessores voou


Coisa de cidade pequena onde a população aceita tudo calado e quando fala é pelos cantos. O dinheiro voou.
O dinheiro voou, não se sabe para onde. A única certeza é que saiu dos cofres públicos (nosso próprio bolso).

Depois de uma milionária eleição é de praxe o dinheiro desaparecer quando o gestor perde tal disputa. Isso acontece nas eleições de cidades pequenas e médias de nosso Brasil Baronil e não só na nossa. Não é defendendo o gestor atual. Longe de mim isso.
O dinheiro, mesmo que reduzido, não deixa de ser depositado nas contas das prefeituras pelo Governo Federal todo dia 10, 20 e 30 de cada mês. O problema é que o dinheiro da Educação é investido nas despesas da saúde, o dinheiro da saúde é colocado para cobrir gastos das obras, dinheiro das obras flui para o turismo, etc, etc, etc, e o dinheiro de todas as pastas sobem ao palanque no fechar da noite até o amanhecer do dia.
Milhões e mais milhões desaparece como truque de mágica e tudo isso acontece em todos os governos, partidos. Não me venham com a história de que atos vergonhosos como estes só acontecem no partido tal, de fulano de tal.
Esperamos que nos novos governos que virão não se repitam desaparecimentos de verbas públicas, apesar de que é bem provável.
Enquanto isso os bobos professores, que muitas das vezes são tratados como palhaços, se rebolam para pagar suas dívidas com altos juros que fazem a especulação de puxa sacos aumentar em troca de favores que muitas das vezes são apenas obrigações de quem está no poder.

Cazuza um dia falou: "meus inimigos estão no poder".

Como não tenho poder para fazer aparecer dinheiro do nada, o melhor é continuar a trabalhar, apesar de que se eu estivesse nessa situação defenderia cruzar os braços bem na porta da escola mais próxima como forma de reivindicação pelos meus rendimentos mensais (direito que gestor passagero nenhum pode tirar ou fazer desaparecer muito dar asas a ele).


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).