21 de novembro de 2012

"Esse cara é você"

Acabo de receber uma mensagem de uma colega que ilustra muito bem a falta de fé e muita descrença por parte das mulheres em encontrar um homem "quase" perfeito.
A mensagem é mais ou menos assim:

"O cara que pensam em você toda hora (Psicopata);
Que conta os segundos se você demora (impaciente);
Que está todo o tempo querendo te ver (grudento);
Porque já não sabe ficar sem você (dependente e chorão);
E no meio da noite te chama (maluco sem noção);
Para dizer que te ama, essa cara "é você" (inseguro);
O cara que pega você pelo braço (um cara agressivo);
Esbarra em quem for que interrompa seus passos (folgado e causador de confusão);
Está no seu lado para que der e vier (mentiroso);
O herói esperado por toda mulher (esse cara não existe ou é "você").

Portanto se já é difícil os homens serem gentis com as mulheres pela sua natureza divina, a situação fica mais difícil quando as mulheres demonstra que não querem tal macho atencioso e grato pela fiminilidade que lhes é dado com este ser humano tão belo que são as mulheres.
Como nós homens iremos ser tão "perfeitos" se as próprias mulheres não querem assim? Quando tentamos, pelo menos ilustrado em uma música, o mundo feminino condena.
Fazer o quê? Então o jeito é continuar ser o cara de lata, de abóbora, da madar e o do fute!

Nenhum comentário:

Postar um comentário