1 de março de 2013

Descaso de Esperantina: de quem é a culpa?

Cidade de Esperantina-PI

          Anos e anos têm se passado na nossa querida terrinha da Boa Esperança e nada muda, entram prefeitos e saem prefeitos e continuam o descaso com a população, mas de quem será a culpa? Será só dos maus políticos ou também da população?
            A resposta é clara e pode ser vista no simples entendimento da nossa Carta Magma, vivemos em uma democracia. Portanto não basta simplesmente elegermos prefeitos ou vereadores e esperar 4 anos para podermos avaliar o seu mandato e assim poder dizer aquela velha frase, " aqui em Esperantina prefeito ruim só dura 4 anos ", para podermos possuir candidatos honestos, ou melhor dizendo, "menos corruptos", deveremos exercer o nosso papel de cidadão e fiscalizar não depois dos 4 anos, mas durante os 4 anos.
            Contudo, não podemos negar também que a culpa não é somente por falta de participação dos cidadãos, mas também da própria percepção deles, pois fazendo uma análise pode-se perceber que um único grupo domina Esperantina a aproximadamente uns 8 anos, e isso não quer dizer um mesmo partido político, mas o grupo em que possui o "dinheiro". Por isso através dessas observações podemos concluir que a cada dia que passa a população está cada vez mais alienada pelo imediatismo do capitalismo e que os jovens estão cada vez mais distantes de realmente produzir política, pois o que se nota é o capital, ou seja, o "dinheiro" manda em uma prefeitura.
            Entretanto, fica aqui o apelo de um jovem de apenas 17 anos, para que a população abra os olhos, fiscalize, vote com consciência, pois só assim teremos a Esperantina em que todos sonhamos. E acima de tudo ainda peço com muita atenção, deixemos de brigas bestas e se criticarmos, mostre uma solução, pois a cidadania, a democracia, é isso, é mostrar que os governantes são apenas empregados da sociedade e que o poder político está em nossas mãos, desde que, possamos observar e nos policiar para que possamos praticar "democracia", aquela que foi um grande legado da sociedade grega da antiguidade para a nossa sociedade atual.
Mateus Amorim

Texto - Acadêmico de Direito e filho de Esperantina - MATEUS AMORIM.

Foto 01: arquivo da Internet (sine fide que diga)

3 comentários:

  1. Parabéns Mateus! Muito coerente seu texto e sua visão sobre o descaso com nossa Esperantina está perfeito. Muito bom meu querido.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Damasceno1 de março de 2013 11:35

    Muito bem Mateus, entao como você disse o que cada um faz é primeiro ficar julgando os outros e nao parao pra pensar o que realmente estão fazendo e se estão cumprindo o seu papel de cidadão e eleitor! Os jovens estão muito distantes da política e isso só aumenta a cada dia que passa, e quando estes aparecem no meio político é em prol de um ganho para si. Acredito que primeiramente o que o cidadão tem que fazer não é pensar em partido A ou B, mais sim fazer a sua parte e sempre se reunir na busca de melhorias para a cidade.

    ResponderExcluir