1 de março de 2013

O Cinema de Esperantina.

Depois de ir ao Teatro, AQUI, agora vou ao Cinema de Esperantina.

"Como é bom ir ao cinema, Cinema é programa legal, Comédia, drama e aventura, e o bem sempre vence o mal" "Turma da Mônica"

Último fim de semana antes das maravilhosas férias terminarem não têm programa melhor do que ir pegar um cineminha.
Pipoca, suco, invés de refrigerante, boa companhia além, é claro, de um bom filme. Nesta noite não poderá ser outro senão um de FICÇÃO. Afinal de conta estamos em Esperantina.

Tudo que podemos imaginar em nossa mente perversa pode passar na grande telona do cinema esperantinense.
Aqui podemos citar os mocinhos brigarem em defesa de sua MAMÃE JOANA, ver representantes do povo com dois meses sem fazer sequer um requerimento lá na casa do povo (Câmara Municipal) em prol do povo,  assistir palestra da Rede municipal de ensino em prédio da rede estadual por falta de espaço físico mesmo que não tenhamos teatro ao céu aberto ou que a quase falida biblioteca esteja fechada em pleno início de ano letivo. Ao passar mais um pouco do filme poderemos ver que shows aqui acontece em churrascarias e não no teatro, filme em praça pública e que atores coadjuvantes não passam de babões de governo.
Antes de sentirem sono nas aconchegantes poltronas do fictício cinema esperantinense devemos mostrar os atores principais do filme em cartaz: poder executivo, legislativo e o "povo em geral". Se nosso cinema está assim é porque queremos e escolhemos pagar dessa forma.
No final a pipoca acaba, o suco amarga e a sua companhia vai embora à procura de lugar no escurinho do cinema da capital, pois aqui não tem.
Muitos rolos de filme irão continuar a queimar a imagem da telona chamada Esperantina.

E o Oscar vai para...

Nenhum comentário:

Postar um comentário