4 de abril de 2013

Território do Cocais: integração através das rodovias.

Trecho entre Esperantina e Batalha.
Todo bloco econômico deve seguir algumas fases de integração, econômica e social. Com o Território dos Cocais não deve ser diferente. Criado para alavancar progresso na região norte do estado, este nosso território até hoje barra-se em questões burocráticas e na exausta quantia de reuniões quanto a sua efetiva consolidação.

As fases de integração entre os países são:
* Zona de livre comércio;
* União aduaneira;
* Mercado comum;
* União econômica e;
* Integração econômica total.

Vejo que não há outra forma para os 13 municípios do Território dos Cocais se unirem se não por esta maneira.
Em um dos 13 municípios já uma moeda - COCAL - mais ainda falta muito.

Observando nos últimos dias, e aqui aproveito para deixar meu aprezo, percebi que as rodovias de nosso território tem recebido, de certa forma, alguma atenção por parte dos governantes.
De Barras à Batalha, de Barras à Nossa Senhora dos Remédios, de Batalha à Esperantina, de Esperantina à Joaquim Pires, de Esperantina à Morro do Chapéu, do Morro do Chapeu à Luzilândia, de Luzilândia à Matias Olímpio temos estradas asfaltadas e, por incrivel que pareça, sinalizadas.
Infelizmente as algumas estradas ainda não saíram dos palanques políticos e aqui cito: de Esperantina à São João do Arraial, de São João do Arraial à Matias Olímpio e de Joaquim Pires à Luzilândia ainda falta serem feitas.

Este investimento tráz integração e desenvolvimento à estas cidade, ou seja, à noss agente.

Parabéns por este início de integração efetiva de nosso território.

Nenhum comentário:

Postar um comentário