4 de abril de 2013

Trânsito em Esperantina é sem rumo!

Foto: revistaaz.com
Para esquerda? Não.
Para direita? Também não.
Para frente? Pior.
Para tráz? Sim.Nossa cidade vive assim: para tráz.

Até para quem já conhece nossa cidade (cidade do jumento enterrado) é dificil andar pelas avenidades e ruas sem saber qual a direção tomar: se deve prosseguir, se tem curva a seguir, parar ou estacionar e até mesmo viver ou morrer em um precário trânsito onde os governantes fingem não saber de quem é a responsabilidade de controlar e dar um jeito definitivo neste setor.

Para nós que vive diariamente neste caótico trânsito já é dificil, imaginem para os visitantes. Nesta semana santa muitos aqui vieram e alguns seres humanos se envergonharam com tamanho absurdo transitório em nossas ruas.
Sinalização, horizontal e vertical, foram embora e desapareceram junto às águas e com a vergonha de que comanda este setor econômico.
Falar em guardas de trânsito em nossa terra é sinônimo de chacota e ponto de vigilância pelos babões do gestor municipal.
É um vai e vem sem ordem, muito menos progresso, em saber quem poderá resolver este problema, que é de todos nós, onde muitos perdem a VIDA por não saber onde e como andar com seus automotores.

E quando este  vergonhoso trânsito se mistura à imprudência e alcoolismo a coisa ainda piora. Acidentes com perdas materiais e humanos mancham, ainda mais, nossa Esperantina e quem à governa.
Falta de sinalização horizontal e vertical na principal avenida de Esperantina


Nenhum comentário:

Postar um comentário