23 de maio de 2013

Dona Ema e seus bajuladores gemidos.

Talvez não saibam nem o que é Futsal por se preocuparem apenas em bajular, mesmo assim um grupo de seguidores da gestora de Luzilândia - Ema Flora - estava com toda pinta de querer se aparecer mais do que os próprios atletas do time de Luzilândia na abertura do XIII Copa Norte de Futsal.

"Coisa do interior do interior" (Jorge Charlles).

Fazer parte da comitiva de uma gestora de um município pequeno é quase obrigação e "prazer" para um bocado de sanguessugas da máquina administrativa que não tá nem aí para os problemas sociais de sua cidade. Este tipo de gente marca presença até onde não se convêm, seja na piscina, no ginásio, em lugares que nunca frequentou e mesmo nos quais nem gosta, no entanto para agradar o bolso e a 'chefa' faz de conta que tudo está em total sintonia com seus valores.

Neste Domingo último (19/05) mais uma vez os boatos sobre um bocadinho de gente acostumado em viver por esmola partidária da vizinha cidade de Luzilândia se confirmaram: babões de plantão tentando agradar ao máximo a 'chefa' do executivo como forma de falsidade e sobrevivência.

Quanta pobreza de espírito. Pior de tudo isso é que em minha cidade também tem este tipo de vergonha. E na sua cidade, têm?

Se a Ema gemer no troco do juremá, os babões também tem que gemer.

Um comentário:

  1. Concordo, prefeita vem de outra cidade com banda musical e tudo mais, vai gostar de circo assim la em luzilandia

    ResponderExcluir