11 de junho de 2013

As casas do Conjunto Habitacional Alecrim irão para quem?

Conjunto Habitacional Alecrim.
A prefeitura municipal de Esperantina em parceria com a Caixa Econômica Federal está construindo uma das maiores obras do norte do Estado, são 400 casas com toda infraestrutura necessária para se morar, calçamento, água, energia e rede de esgoto. As casas são de 38 m2 e com terreno de 200m2. (180graus/Esperantina).

De acordo com informações, as casas do Conjunto habitacional Residencial Alecrim da cidade de Esperantina,  terão que passar por uma nova atualização cadastral.
A informação foi dada pelo representante da Caixa Econômica Federal, o gerente de Habitação, Raimundo Nonato Andrade ao participar de encontro com gestores durante a última sexta – feira ( 05 ) no município. (jornalesp.com)
.

Prefeituras e Governo Federal são partes do Projeto "Minha Casa, Minha Vida". As prefeituras por estarem mais próximas as demandas habitacionais sabem muito bem quem são realmente as pessoas  que precisam de uma casa.
Em cidades como Esperantina e tantas outras onde os 'governos' priorizam as políticas públicas para seus aliados, muita gente não terá seu sonho realizado tão cedo por conta dos interesses parciais de quem tem o poder de mandar e fazer tais políticas.
Raimundo Nonato Andrade.
O nobre Chefe da Caixa Econômica em nossa região é uma pessoa muito diplomática. Foi muito aliado dos Ex-gestores das siglas DEM e PT e hoje não poderia deixar de ser com o do PSDB. 

Como é citado em uma das informações acima de um 'site' de nossa cidade, o novo cadastramento já começou, ou seja, as novas 'pessoas' que serão beneficiadas com o projeto 'fortalecendo a cidadania' em breve será anunciadas.
Relatos existem que alguns nomes de futuros donos das casas já saíram no Diário Oficial. Estes nomes vem do 1º Cadastramento. Caso seja verdade, o atual gestor em nada pode fazer para mudar esta realidade beneficiando assim quem quer que seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário