Pular para o conteúdo principal

Futuros Técnicos em Meio Ambiente visitaram a EFA Cocais em São João do Arraial

EFA dos Cocais
Hoje pela manhã os alunos do Curso Técnicos do CEEP Leonardo das Dores estiveram visitando as dependências da Escola Família Agrícola de São João do Arraial há aproximadamente a 30 km de Esperantina-PI.
As turmas do 1º e 4º ano do Curso Técnico, colocando em prática todo o conhecimento sobre as disciplinas de Empreendedorismo (Professora Vanessa Damasceno) e Projetos Ambientais e Gestão Ambiental (professor Macelino Keliton), tiveram a oportunidade de conhecer este belíssimo trabalho feito nesta Escola Agrícola que funciona em período de alternância (os mais de 120 alunos ficam 15 dias na escola e 15 dias em casa).
Alunos e professores do CEEP Leonardo das Dores foram recebidos pelo Diretor da Escola Braulio Oliveira e pelo Agrônomo Leonardo Carvalho responsável por toda a apresentação da infraestrutura da EFA bem com os trabalhos realizados pelos alunos da referida escola.
Braulio Oliveira começou sua explicação para os futuros Técnicos em Meio Ambiente falando sobre como funciona a escola, seu corpo docente, as formas de acessão dos alunos, regras internas e os cursos ofertados.
Falou também que a EFA é um grande Projeto do Governo Federal, Estadual e Municipal para a Agricultura Familiar da região do Território dos Cocais onde os alunos se qualificam aponto de mudar suas realidades sociais, ambientais e financeira.

"Existem toda uma infraestrutura para os alunos, no entanto há muito que melhorar para o bem da região, para os próprios alunos e também para os monitores" disse o Agrônomo formado pela UESPI de Parnaíba Leonardo Carvalho.

"Outra dificuldade que enfrentamos diz respeito a falta de um corpo docente efetivo, onde os professores contratados pela SEDUC-PI muitas das vezes vejam seus projetos finalizados antes mesmo de terminarem devido os professores terem que ser afastado pelo fim do contrato que tem junto ao governo do Estado" disse Braulio Oliveira.

Já para os alunos foi muito satisfatório esta aula de campo, pois contribuiu para o ensino/aprendizado (teórico e prático) junto a Escola Família Agrícola.

De já queremos agradecer a Supervisora da Rede Estadual de Ensino de Esperantina a dona Lúcia de Fátima, a chefe de Transporte da Secretaria de Educação de Esperantina a dona Conceição Mourão, também a Diretora do CEEP Leonardo das Dores dona Elisaldete Barros, o motorista Samuel e todos da EFA que nos receberam tão bem e pela contribuição para esta maravilhosa e proveitosa aula de campo.












Em breve mais fotos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).