29 de outubro de 2013

E a Greve em Batalha-PI continua.

Foto: camaramunicipaldebatalha
Montagem: arquivopessoal
Hoje pela manhã no Plenário da Câmara Municipal de Batalha-PI aconteceu mais uma Assembleia para tratar sobre a GREVE dos Servidores Públicos da Educação daquele município.

Em suas falações Nonato Silva, presidente do SINDSERM Batalha-PI, fez duras criticas à atual Secretaria de Educação do município, Lina Cecília, por conta da mesma está afirmando pelos quatro cantos da cidade que os professores não poderá repor as aulas depois da Greve. Nonato Silva afirmou que todos os professores são amparados pela Lei Federal para repor as aulas depois de qualquer Greve.
Muitos servidores fizeram uso da palavra para continuarem mostrando os seus repúdios à atual situação em que se encontra as famílias batalhenses quanto aos salários atrasados referente aos meses de Dezembro de 2012 (apenas alguns servidores), reajuste salarial dos professores referente ao mês de Janeiro 2013, abonos férias de 2012 e 2013 e principalmente os salários de professores Classe 'C' de Setembro e de todos os servidores desse mês de Outubro que acaba depois de amanhã.

Nesta assembleia esteve presente, além de mais de 70 servidores, quatro vereadores: três de oposição e um da situação.
O Vereador Cleisson Amaral (único de situação) ao usar a palavra falou, além de muitas outras coisas, o que a imagem descreve.

Caríssimo Vereador quem tem que resolver esta situação é a gestora, pois quem está devendo aqui é ela e não nós servidores. Hoje completa 22 dias de greve e até o momento nada da gestora demonstrar que quer resolver tal impasse ao sentar com as partes.  A única coisa que se comenta é que Teresinha Lages está respeitando um 'Termo de Conduta', termo este que o Sindicato não assinou. Vocês (situação) têm até o dia 31 de Dezembro para resolver o problema, mas isso não significa que para pagar o mês de Setembro deve se esperar chegar o Papai Noel.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".

Um comentário: