10 de outubro de 2013

Gestora Teresinha Lages dar motivos para GREVE.

Foto: cristufrgs
Nem parece que Teresinha Lages hoje é gestora municipal de Batalha-PI.
Nem parece que a mesma foi um dia Secretária de Educação, apesar de que apenas assinava os papeis, daquela pasta.
Nem parece que Educação no Brasil deveria ser sinônimo de desenvolvimento.
Nem parece que invés de ser Teresinha é Antonio.
Nem parece que abonos férias, atraso de pagamento de servidores, não reajuste do piso salarial referente ao mês de Janeiro do corrente ano, pagamento de servidores referente aos 40% do FUNDEB do mês de Dezembro/2012, sejam motivos para que nós (servidores municipais de Batalha-PI) entremos em GREVE a partir de agora, de hoje por tempo indeterminado.

Além disso a Professora (e atualmente Secretária de Educação) Lina Cecília vem dizer que a Greve é ILEGAL. Vem dizer que professores, auxiliares e vigias caso não façam seus trabalhos irão ter pontos cortados e consequentemente descontados dinheiros de nossos proventos.
Esta mesma professora Lina Cecília não é aquela que trabalhava (durante o governo passado) uma semana e folgava duas através de inúmeros Atestados de Saúde ou Médicos? Agora a mesma quer que seus colegas de trabalho (professores, auxiliares e vigias) façam o que um dia deixou de fazer? Entra em contradição em suas palavras e atitudes não acha dona professora Lina Cecília?

É GREVE, GREVE e GREVE por um reconhecimento digno a quem só ajuda no progresso do nosso país, de nossa Batalha-PI.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário