11 de novembro de 2013

Esperantina deixou de fazer a Feira.

Foto: gp1
As feiras no Brasil são importantes deste o período Colonial. Muitas vilas e cidades surgiram através de uma feira.
As feiras são atrativas, local de trocas de mercadorias. Muitos agricultores vendem suas produções em uma feira. Qual cidade do Nordeste brasileiro não tem uma feita semanal ou mesmo diária? 

"Hoje tem feira, é dia de venda". "Hoje tem feira, é dia de comprar, passear, porque não?"

A feira é uma via de abastecimento urbano por produtos os mais variáveis possíveis, desde agricultura familiar até o artesanato. Podemos citar setores do turismo, cultura e principalmente economia também.
 
As feiras podem ser matutinas, vespertinas e até noturnas. Podem ser diretas e indiretas. Podem ser em um bairro da periferia ou mesmo no centro da cidade.

Não sabendo disso ou mesmo querendo economizar a Prefeitura Municipal de Esperantina não foi fazer a Feira lá na 'capitar' Teresina. 
A VI edição da Feira dos Municípios organizada pela Associação Piauiense dos Municípios (APPM) realizada durante o fim de semana passado não teve presença de nosso município. Talvez seja porque não temos nada para comercializar devido a estiagem ocasionada pelo Decreto Emergencial. Ou é o contrário? Não sei. Só sei que perdemos mais uma oportunidade de potencializar nossa gente, nossa produção, nossa força.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que transmito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário