10 de janeiro de 2014

O chute na bunda está próximo.

Foto: ciep244
Há menos de 10 meses para as eleições presidenciais em nosso Brasil varonil muitos 'homens de bem' estão deixando seus gabinetes e mordomias para caírem no campo. Campo de batalha feroz. É hora de abrir o paletó, arregaçar as mangas e mostrar serviço. Já é hora. 

Os deputados, os senadores, longe da realidade das pequenas cidades, vivem no paraíso da máquina administrativa que lhes proporciona regalias não vistas nem mesmo nos paraísos suíços. A cada três anos esta realidade muda de lado. Os mesmos devem ir atrás de quem lhes garantem este conforto - o eleitor.

Para chegarem até estes eleitores, deputados e senadores, utilizam os prefeitos e vereadores - base aliada em cada município - para conseguirem os votos necessários para a perpetuação na vida mansa. Um dos meios para isso é começar a visitar, frequentemente, as prefeituras. Outro é aparecer na mídia - internet, sites e televisão como bons moços que 'trabalharam' em prol da sociedade daquela cidade da qual querem votos.

Esperantina conta com dois deputados. Poucas cidades do Piauí contam com esta magnífica representação. Nem tanto não é mesmo?
Pois bem. Já é de conhecimento de todos que nos rodeia que os deputados 'daqui' costumam 'usar' e 'abusar' de certos prefeitos para conseguirem realizar seus interesses. Vimos em Teresina e em Barras. Agora o gestor esperantinense irá sentir na pele a força do PMDB sendo mais uma marionete dos deputados como foram os gestores de Teresina e Barras. 

Sabemos que o deputado estadual esperantinense tem grande influência em todas as esferas do poder político, judiciário e econômico do Piauí. Por este e outros motivos acho que o atual gestor não irá sair do cargo antes das eleições de Outubro apesar das fortes acusações de compra de votos nas eleições de 2012 e recebimento de propina da merenda escolar no fim do ano passado. Por quê? Por que antes das eleições o gestor do PSDB é útil/necessário para o deputado por conta de seus votos que podem ir para cima do morro da chapadinha. 

E depois das eleições? Será que ainda o gestor terá alguma serventia para os deputados? Com todo respeito vos digo: não. Posso está errado e de certa forma espero que sim, pois juntos podem amenizar os problemas de nossa gente. Infelizmente não pensam assim.

Hoje o PMDB manda e desmanda no governo do PSDB esperantinense. Quase todos os carros que trabalham para a prefeitura são de responsabilidade do PMDB. Alguns cargos da administração psdbista são de indicação do PMDB. Não é mesmo Secretaria de Educação? Pois bem, nos resta esperar pelo SABACÚ ou mesmo chute na bunda como vocês crianças conhecem hoje entre os dois partidos que nos governa hoje.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário