12 de março de 2014

Vai tarde.

foto:nscpcarapinheiro
Ao longe já vejo Domingos cheio de novos tempos. 
Pôr do sol às margens do Rio Longá é para poucos. Brisa gostosa. Gente bonita passeando pelo Cais. Outros a contemplar. 
O sino bate. Aviso para a Santa Missa. É hora de falar com Deus. A paróquia de Nossa Senhora voltará encher de fiéis. 
A fé nos faz diferente das religiões. E a fé aqui descrita era de está vivo para ver o cordeiro ir embora de nossa cidade. Enfim, fim. Alguns fiéis gostaram. Outros nem tanto. Para mim, vá com Deus e por lá fique.

A Paróquia de Nossa Senhora da Boa Esperança terá um novo Pároco para fazer companhia ao manso Padre Bernardo. Deste já espero que não seja Evandro Alves com suas longas missas. 
A Santa Fé nos mostra o caminho mais curto para se encontrar com o pai celestial. Os 'representantes' de Deus na Terra deve caminhar curto e fazer com que seus aliados também sejam assim. 
Sermões? Basta. Lições? Agora, daqui para frente.

A Campanha da Fraternidade começou. O tema é Fraternidade e Tráfico Humano. E quem sabe o Lema? Por incrível que parece veio no momento certo para nós de Esperantina. O Lema da Campanha da Fraternidade desse ano é: É PARA LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU. Estamos livres de mais um.

Voltarei a frequentar a casa de Deus. Comigo levarei minha família. Desde que seja para assistir missas cearenses. Aquelas que duram apenas para falar o que nosso irmão Jesus falou e nada mais. Isso leva mais ou menos 60 minutos. O que vem depois é coisa dos homens. Está avisado seu futuro Padre de Esperantina.

Quanto ao cordeiro que se vai, vai tarde. 

"Na vida nada é tudo, tudo é pouco e pouco é nada, portanto, vivemos em um ciclo vicioso".

Nenhum comentário:

Postar um comentário