23 de maio de 2014

Prefeitura de Esperantina não realiza recuperação de estrada vicinal.

No próximo mês terminará oficialmente o período de chuvas em nossa região e com elas grande parte da erosão de nossas estradas vicinais (carroçais). Este período chuvoso danifica muito o trafego de nossa sociedade rural rumo ao ganha pão na zona urbana por danificar as estradas que ligam zona rural à urbana.

Sabemos que nossa cidade tem umas patrulhas mecanizadas para este tipo de serviço tanto para a zona urbana (terrenos baldios ou não) como para a zona rural.

Recentemente vi em um jornal impresso de grande circulação da capital uma nota dizendo que a prefeitura de Esperantina tinha recuperado uma estrada que há mais de dez anos não tinha recebido atenção pelos outros gestores. Tenho minhas convicções de que para esta nota ter saído neste jornal foi preciso gastar verbas para tanto. Tenho ouvido falar que a patrulha mecanizada não têm trabalhado mais por conta da falta de combustível.

Independente de que qualquer desculpa ou manobra política social, o importante é a sociedade saciar suas necessidades. A foto 01 mostra um trecho da estrada vicinal que liga nossa cidade ao 'interior' Malhada do Meio (a 25 km da cidade) quando foi recuperada pela atual gestão no ano passado.

Foto: 01
Já as duas próximas fotos (02 e 03) demonstram a atual situação dessa estrada. Antes para ser percorrida levava de 40 a 45 minutos (25 km). Depois das chuvas o mesmo trecho está sendo percorrido não menos de 60 minutos além de trazer prejuízo para os carros e motos e musculares e mentais para as pessoas.
Foto: 02 - Comparação da realidade de como está hoje.

Foto: 03 - Comparação da realidade de como está hoje.
Vamos trabalhar prefeitura. O caminho do progresso é feito de árdua tarefa de todos os dias acordar e prestar serviço à comunidade.

Aqui podemos ver o outro lado da moeda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário