24 de julho de 2014

O chute na bunda veio bem antes!

Da união de interesses partidários pode se esperar pouca serventia.

O Deputado lá de cima do 'morro' até que lançou o candidato Castro para concorrer as eleições de 2012 pelo seu partido. Como sua reputação na área da administração pública municipal não é das boas, logo viu a chance de sair vitorioso nas urnas ao se aliar ao candidato e vencedor das eleições daquele ano Lourival Bezerra (atual gestor municipal).

 A parceira PSDB e PMDB já era duvidosa pela a fama do pmdbista sempre jogar os pés naqueles que não lhe dão retorno nas urnas.

Relatei na post intitulada O CHUTE NA BUNDA ESTÁ PRÓXIMO (AQUI) do dia 10 de Janeiro desse ano que esta união entre o gestor Lourival Bezerra e os deputados do PMDB não ia demorar muito. Cheguei a dizer que terminaria depois das eleições de Outubro próximo. Enganei-me. A separação, sem direito de pensão, veio antes. Motivos não faltaram. Nada de ciúme, somente, e tão somente péssima imagem mancha reputação. Imagine de quem já não tem esta necessária reputação, próximo de mais uma eleição.

Não era para menos. Depois de tantas 'cagadas' administrativas do gestor, o chefe do PMDB não viu outra maneira se não a de afastar-se de quem só lhe manchava a imagem com inúmeras propagandas negativas na imprensa local e estadual, sejam com máquinas públicas em terrenos privados, mesas, trocas de cadeira, CQC e as cassações.

Quem diria! Depois de Mercado Público orçado em milhões, Campus da UFPI, rodovia BR 222, Estádio, asfaltos, calçamentos, 'bibliotecas', 'teatros', aperto de mão, café da manhã, novamente os deputados daqui não terão apoio do gestor municipal local.

" Agora Esperantina vai para frente com esta parceria entre os Deputados e o gestor municipal Lourival Bezerra", ouvi muito isso dos bobos da corte. 
Da noite para o dia, de uma cassação a outra, o discurso já mudou. Agora é: "Esperantina vota Janaínna". Esta papelada não faço. Não é da minha ossada. Desculpe-me, não tenho cara para isso e nem coragem. Deixo isso para vocês colegas bobos da corte.

Quanto ao gestor, depois de dar aquele passeio, até porque nossa cidade está a mil maravilhas, chegou dando outra deslizada na marionete, a primeira com a nova aliança. 
Enquanto um nobre ex-vereador estava sendo velado na casa do povo (Câmara Municipal), o atual gestor convocava seus aliados a recebê-lo com muitos foguetórios, discursos e churrasco. Até mesmo sem velório, com duas cassações, o mesmo deveria chegar calado e ir pra casa mudo. 
Este episódio de apresentação da nova aliada não passa de desrespeito ao que o ex-vereador Miguel Germano fez pela nossa gente. Nem mesmo o ponto facultativo do dia seguinte para a administração pública de nossa cidade não aliviou este deslize.
Como se não pudesse ficar pior, alguns vereadores, tanto aliados do PMDB como não, estavam presentes no clube escolhido para a festança invés de estarem onde eles dizem que trabalham por conta do velório.

Não aguento tantos deslizes na vida. O chute na bunda já foi dado, agora resta o SABACÚ no povo.

"Sou o que eu penso, para vocês, sou o que eu transmito"

Fotos: portalesp.com e lucasfamapop

Nenhum comentário:

Postar um comentário