Pular para o conteúdo principal

Quem venceu?

A máquina administrativa faz a diferença.

Quando comecei a mim politizar, os mandatários políticos esperantinenses eram José Ivaldo, Joe Alcantara, Lages Filho. Ainda lembro do medico Franklin. Era muito 'chafurdado' para uma criança entender aquela correria eleitoral. Para falar a verdade, não sabia nem para quê.
O que os mesmo falavam, era entendido como ordem. Isso eu lembro. A velha política de cabrejo. Cada um tinha seu reduto eleitoral. Era fortes eleitoreiros.
O tempo foi passando e com ele meu ensinamento. As visões foram mudando. O entendimento, mesmo ainda pouco, aumentando.
Hoje as lideranças políticas dessa mesma cidade onde cresci são outras. Não diferentes.
Passou a vez de José Ivaldo que junto com o medico Flanklim foram para o estado do Maranhão. Lages Filho mudou-se para a cidade do Morro do Chapéu. Quanto a Joe Alcantara, as forças já não são as mesmas. 

Surgi os THEs, a Vilma, o Lourival, o Jânio, o Chico.

E desses quem venceu nas eleições 2014?

Dos Thes apenas o mais velho. Quase não podia se candidatar por irregularidades nas contas da TV Assembleia. Em números gerais, perdeu até mesmo para o Zé Santana. Que vergonha. Mesmo indo para seu quase milésimo mandato, as forças estão diminuindo. Entre os 30 deputados eleitos, o atual presidente da ALEPI conseguir apenas o 4 lugar. Caso não seja mais o presidente da ALEPI, está fundado de vez. Foi sim o primeiro em votos aqui em nossa cidade. Não podia ser diferente com tamanho exercito que trabalhava para si, pois trabalho prestado, são poucos. Os dois irmãos conseguiram mais de 10 mil votos. 

O ex-gestor Lourival não apoiou seu partido (PSDB) quanto ao candidato Marden Meneses. Preferiu apoiar o PTB de Jannaína. Dizem por ser troca de favor. Para quem ganhou as eleições municipais com mais de 8 mil votos, achamos pouco ter dado um pouco mais de 1500 para Jannaína. Jannaína obteve, em Esperantina, 2396 votos, no entanto, desses não são todos oriundo de Lourival, pois muitos simpatizantes de Jannaína aqui já moram há muito tempo. O candidato Hugo Napoleão, apoiado por Lourival, obteve apenas 1417. Acho que esses são os verdadeiros votos de Lourival em Esperantina. Pelo jeito, só dar para eleger como vereador. Para falar a verdade, achamos é muito para quem começou na política há poucos meses.

Jânio, deu à Atila Lira, 979 votos. Está na média. Por outro lado, não conseguiu eleger Ismar Marques, apesar dos 1548 votos transferido. Fora Jânio, três vereadores o acompanhavam na luta por votos. Volto a repetir, está média.

Vilma e Chico, de certa forma, 'lavaram a burra' ao conseguirem eleger o iniciante Limma para Deputado Estadual. Rejeane Dias foi eleita Deputada Federal com ajuda de Chico enquanto Assis Carvalho foi reeleito como Deputado Federal com ajuda de Vilma. Além de dar uma expressiva votação para eleger o índio, Dilma foi maravilhosamente bem votada na terra de Leonardo das Dores por conta dos trabalhos dessas duas lideranças politicas de Esperantina. Limma foi o segundo mais bem votado na cidade. A máquina administrativa municipal faz mesmo a diferença. Por isso a briga é grande pela "Mãe Joana" esperantinense. Quase 4 mil votos recebeu Lima enquanto Assis, quase 2 mil e Rejeane 3 mil. Na soma geral, 9 mil votos foram levantados por Vilma e Chico para seus três candidatos. 

Quem venceu estas eleições? Você ou eles?

Fto - bastaqsim

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia ou Boa Tarde?

Alguns seres classificam esta diferença entre dar um BOM DIA ou BOA TARDE levando em conta o ALMOÇO e não as horas do movimento de Rotação da Terra. Você já foi corrigindo quando desejou um BOM DIA para quem já tinha almoçado? Provavelmente que sim. As indesejadas situações onde somos corrigidos quanto as felicitações de gentileza muitas das vezes não são agradáveis. Então quando devemos desejar BOM DIA, BOA TARDE? Depende das horas e não do almoço em si. Os cronologistas não aceitam esta afirmativa. Para os cronologistas o DIA tem 24 horas, portanto, desde que você esteja dentro desse período sempre será "dia". Como será você chegar na casa do (a) namorado (a) a partir das 21:00 hs e dar um BOM DIA em plena noite? No mínimo será cogitado de doido(a) ou bêbado(a). Independente da gentileza que queira passar ou até mesmo a educação que recebeu dos pais e familiares em geral o mais adequado é que das 06:00 hs até as 12:00 hs você deve dar um BOM DIA e depois do meio dia até a…

Países de industrialização tardia.

Depois da Inglaterra, Bélgica, França e Estados Unidos foi a vez de Alemanha, Japão, Canadá e Itália a se industrializarem. Por que a Alemanha (3ª Economia do mundo) se industrializou tardiamente em relação aos países pioneiros? Sua história é marcada por guerras, destruição e reconstrução. Foi derrotada tanto na 1ª como na 2ª Guerra Mundial, foi dividida e mesmo assim conseguiu reunir forças para sair, rapidamente (30 anos) dos destroços e alcançar a 3ª posição dos países mais industrializados do mundo capitalista de hoje. O Japão foi a 1ª potência a se industrializar na Ásia. Hoje é a 4ª potência econômica do mundo. Mesmo durante a 2ª Guerra, onde foi totalmente arrasada, aprendeu que para se alcançar a meta de um país industrializado é necessário se investir em Educação para gerar capital e consequentemente comprar matéria-prima na qual não tem em seu pequeno subsolo. Este dois países deram exemplo de trabalho, dedicação, força de vontade e esperança para o mundo ao mostrar que me…

Não plante Nim Indiano

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia. 

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc).