6 de janeiro de 2015

A 'Batalha' por uma educação melhor.

" A ficha caiu. 
Acabaram-se as celebrações.
As contas esperam, os boletos começam a chegar e cadê o 'real'?
Lamentamos profundamente o caus instalado na cidade de Batalha.
Lamentamos também a falta de claridade cerebral de batalhenses que comungam com esta situação repugnante.
Numa contagem regressiva ainda faltam 1 ano, 11 meses e 25 dias para esta 'imoralidade' administrativa ter o fim merecido e para nunca mais voltar.

A gestão da atual Teresinha Lages, na destruída cidade de Batalha, aconteceram até o momento:

* Demissões de servidores efetivos;
* Redução de carga horária de servidores efetivos;
* Atraso de salário;
* Não implantação do Piso Salarial dos Professores referente ao ano passado;
* Redução de diferenças entre as classes do magistério;
* Não cumprimento do Piso Salarial dos ACS e ACE;
* Corte das horas extras dos vigias.

Querem mais?"

Então basta viver este ano de 2015 para ver e comprovar outras atrocidades administrativas desse grupo encabeçado pelo primeiro damo da cidade.
Posso está até enganado, mais as cisternas só irão ser distribuídas no ano de 2016. 
Motivo? 
Muitos.

Fto - batalhashow

Nenhum comentário:

Postar um comentário