3 de janeiro de 2015

Onde comer em Esperantina?

As cidades crescem. As cidades se desenvolvem e com elas as pessoas e consequentemente suas necessidades e vontades.
Nos últimos anos a população mundial aumentou seu poder de compra. Por um lado a economia agradece. Por outro, nem tanto.
O setor primário ficou para trás como o que mais emprega pessoas e o que mais produz economicamente falando.
Depois veio o setor secundário. Este, no Brasil, durou mais ou menos 60 anos.

No mundo atual, nas grandes e pequenas cidades, o setor que domina é o Terciário (serviços, principalmente).
Em nossa cidade não é diferente. Com uma pequena diferença de muitas outras do país, Esperantina sobrevive com uma prestação de serviço abaixo da média.
Quando se fala em atendimento, saiam da frente que os 'brutos' que irão lhe atender podem vim suados, fumando e com uma falta de delicadeza sem precedentes.


No entanto, a cada novo empreendimento, ficamos na esperança do comercio local decolar em termos de prestação de serviço com qualidade em todos os aspectos e em todos os dias. Não somente nas primeiras horas de funcionamento.

Temos locais em Esperantina com boa infraestrutura, bom produtos à venda. Mas a reclamação geral ainda é o atendimento. 
Alguns estabelecimentos, como dito aqui no Blog em postagens anteriores, se destacam neste aspecto. A maioria não.
Por falta de órgãos especializados na área, o comércio esperantinense perde muitos clientes e dinheiro.
A população não agradece aos governantes por isso.

Por outro lado, nos últimos dias de 2014, estive visitando um local com infraestrutura aconchegante e prazerosa. Se fosse só isso não bastaria, pelo menos para mim. Consequentemente aos bons tratos da parte física, o atendimento me chamou a atenção. Veio de alguém que até então não tinha tanto crédito da minha pessoa.
Fantasiado pela propaganda visitei o Recanto das Palmeiras (a 4 km da sede urbana de Esperantina em direção à cidade de São João do Arraial) para comer um belo Capote. Não é que gostei! Gostei mesmo. Serviço simples, eficaz e eficiente. Para qualquer estabelecimento, estes três termos são imprescindíveis.

Que em 2015 tanto o comércio como a minha fome por dias melhores cresça e desenvolva em termos de opções.


Queridos leitores, saudações geográficas!

Um comentário:

  1. Pois vc foi o prmeiro, outro dia fui comer uma galinha la, alem da pouco quantidade de arroz, farrofa, verduras e do pirao ainda veio faltando pedaços da galinha... e outra se la tem alguem com uma condicao melhor que vc, vc fica de lado... mais em se tratando do espaço nada a reclamar. muito acochegante mesmo. falta só melhorar no atendimento e nas porçoes.

    ResponderExcluir