29 de dezembro de 2015

Bairro de Esperatina está no escuro

A problemática energética no Brasil é muito maior do que é noticiado na imprensa nacional e até mesmo internacional.

O Brasil tem um potencial energético muito grande. Mais isso não é o bastante.

É preciso investimentos e responsabilidade, deste a montagem dos projetos até a aplicação propriamente dita dos recursos financeiros, para que o Brasil possa ser realmente alto sustentável no setor que é o responsável pelo crescimento e desenvolvimento da sociedade, ou seja, o motor da economia.
Como o Brasil, Esperantina sofre com esta problemática energética: falta de energia elétrica por falta de investimentos no setor.

O crescimento populacional bem como o dos estabelecimentos comerciais demandam fornecimento de mais energia. Mais isso parece que não está acontecendo.

Bairros e mais bairros já foram criados nos últimos anos para suportar cada vez mais famílias que só crescem em Esperantina.
Estes bairros, além de inúmeros outros problemas, estão sofrendo com a precária oferta de energia. 
Em horários de pico não é possível ligar sequer uma TV para assistir a roubalheira pelo qual o Brasil está passando.

Quanto a iluminação pública, a única certeza é a taxa que se chega nas residências a cada fim de mês, mesmo que a iluminação não tenha existindo.

Não sei em outros bairros, mas no Novo Milênio, próximo ao Bairro Novo Horizonte (antigo Canto da Velha) a situação da iluminação pública está precária.

Em plena época das luzes (Natal) o bairro sofre com a escuridão. 
Talvez seja porque foi preciso desviar energia para abastecer a pouca decoração natalina do terminal rodoviário, prefeitura e Praça da Matriz.

Se os responsáveis não estão sabendo dessa escuridão, peço por gentileza, que os mesmos façam alguma coisa ainda hoje para diminuir a frustração de muitas famílias que estão vivenciando este fim de ano em plena escuridão como se estivessem no Brasil do século XVIII. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário