26 de maio de 2016

Pré-candidato a vereador homofóbico?

Está ou não está desmoralizada a política brasileira?
A todo minuto, com a ajuda da tecnologia da informação, nos deparamos com notícias sobre os atos de políticos que outrora faziam discursos de salvação à nossa pátria e que agora estão quase todos atolados em merda.

Um político, em um passado não 'tão' 'tão' distante, era considerado um Doutor, a pessoa mais responsáveis do mundo. No entanto, a sociedade, em passos curtos, está tendo mais acesso às informações sobre cada um de nossos representantes. Antes doutor onde tudo que fazia era considerado corretíssimo, hoje se não andar na cartilha do bom político logo é desmascarado.

E foi isso o que aconteceu recentemente.

Eis que um pré-candidato a vereador mostrou-me, através de uma rede social, toda sua indignação contra os homossexuais. 
Infelizmente não fiz um print, porque nunca aprendi fazer (risos).

Mas aconteceu sim senhor.

Contra a conduta de um Deputado Federal, que é Homossexual assumido, em defender a Presidente afastada Dilma Rousseff, o pré-candidato a vereador externou, de forma pejorativa, baixa, irresponsável comentários inaceitáveis para qualquer pessoa, em especial pessoas públicas, quanto à homossexualidade do Deputado Federal.

Homofobia é uma série de atitudes e sentimentos negativos em relação a pessoas homossexuais, bissexuais e, em alguns casos, contra transgêneros e pessoas intersexuais.

A homofobia é observada como um comportamento crítico e hostil, assim como a discriminação e a violência com base na percepção de que todo tipo de orientação sexual não-heterossexual é negativa.

No Brasil, além da Constituição de 1988 proibir qualquer forma de discriminação de maneira genérica, várias leis estão sendo discutidas a fim de proibirem especificamente a discriminação aos homossexuais.

A Constituição Federal brasileira define como "objetivo fundamental da República" (art. 3º, IV) o de "promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade ou quaisquer outras formas de discriminação. A expressão "quaisquer outras formas" refere-se a todas as formas de discriminação não mencionadas explicitamente no artigo, tais como a orientação sexual, entre outras.

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, atualmente em tramitação no Congresso, propõe a criminalização dos preconceitos motivados pela orientação sexual e pela identidade de gênero, equiparando-os aos demais preconceitos já objeto da Lei 7716/1989.

Como vocês podem observar, existe Lei que proíbem este comportamento do pré-candidato.
Interessante também observar que esta Lei foi feita por Legisladores, exatamente o que o pré-candidato quer ser. 

Imagine aí caso este pré-candidato vença as eleições. Será capaz de tentar criar uma Lei de Extinção aos Homossexuais? Talvez!

E você que é Homossexual, tem ética/coragem em colocar uma pessoa dessa para ser seu representante na Câmara Municipal? 
E até você que não é homossexual, votaria em uma pessoa desse nível?

Saibam que o mesmo, em suas estratégias politiqueiras, implanta internet em locais quase públicos para a sociedade. Provavelmente seja para todos terem acesso às suas opiniões vergonhosas sobre homossexualidade.

Ser ou não a favor da homossexualidade é uma coisa. Não tentar compreendê-la ou mesmo respeitá-la, já é falta de educação e até mesmo uma conduta atrasada e inaceitável.

Sem argumentos, o mesmo veio me falar que sou um "petista de araque". Quem é araque aqui?

"Posso não concorda com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltarie).

Fto - catracalivre 

Nenhum comentário:

Postar um comentário