18 de julho de 2016

Imbecilidade

"Vai tomar no C"...... Você já sabe onde.

Esta expressão vem sendo usada há muito tempo pela humanidade. 
Vocês já ouviram? É claro que sim.

Antropólogos sustenta que o gesto de mostrar o dedo depois da expressão acima citada é uma variação de uma estratégia agressiva de alguns primatas, que mostravam o pênis ereto a seus inimigos como uma forma de intimidá-los. 
Mais civilizado, o homem teria substituído o bilau pelo dedo erguido para ofender alguém.

Este gesto já foi usado até por reis. Hoje é realizado por súditos incompetentes.
Relatei a vocês meses atrás que em um cruzamento de nossa cidade onde este que vos escreve tinha preferência para seguir em seu transporte, foi surpreendido por um motoqueiro que não parou em uma faixa de pedestre onde o mesmo tinha e ainda tem a obrigação de parar.

Pela desobediência do motoqueiro demeia tigela, quase houve um acidente onde este aqui que vos escreve sairia na pior. 
Eu buzinei para o motoqueiro na tentativa de lhe chamar a atenção pelo grave erro que o mesmo tinha acabado de realizar.

O que recebi em troca? Um pedido de desculpa? 
Que nada!

Ganhei foi um dedo do meio acompanhado de um "vai tomar no c.."

Agora, para não perder o costume de uma sociedade que se acostumou a andar no erro, eis que ganho mais um 'dedo do meio'.

A fonte da dedada?

Um professor, sentado à mesa de uma bar, às margens da cova.

Somente pelo motivo de elogiar-lo por está bebendo uma 'mangueira, o mesmo não hesitou em mostrar-me o seu dedo do meio.

O piou de tudo isso não é por ele ser um professor, mas porque sempre o elogiei por sua conduta de profissional e pessoa íntegra que é. 

Mesmo se tivesse bêbado, ainda assim não entenderia.

A conclusão que chego disso tudo, apesar de que não irei fazer o que penso agora, é que quanto mais errado a pessoa está, mais certa ela é vista nesse mundo de meu Deus.

Por duas vezes me comportei politicamente correto, em troca recebi 'dedadas'.
Em que mundo estou vivendo? Devemos ser assim mesmo, errados para sermos bem vistos?
Estou pensando em ser errado, mais como disse, não serei. 

Prefiro receber um 'dedo do meio' a viver de imbecilidade.

Deixar meus princípios de boa conduta herdados de minha família jamais.
Ainda tenho esperança que haja mudança de pensamento seguida da comportamental. 

"Posso não concordar com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltarie).

Fto - twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário