20 de agosto de 2016

Quociente eleitoral e partidário das eleições 2016 de Esperantina

As etapas do sistema proporcional brasileiro é bem complexo. De já devo dizer que descordo com o mesmo. Não acho justo uma pessoa que não recebeu a maioria de votos ser representante do povo, somente pela questão de que os partidos devem ter representação, ou seja, não é a pessoa que é importante, e sim o partido.
Mesmo assim vamos ao detalhes sobre este sistema proporcional.

A divisão de vagas entre os partidos e coligações se dá através de três (03) etapas.

Primeiramente é preciso conhecer o QUOCIENTE ELEITORAL, que determina a quantidade de vagas para cada partido. Apenas com o quociente eleitoral é possível definir o QUOCIENTE PARTIDÁRIO, que estabelece os candidatos de cada partido ou coligação que ocuparão as vagas.
* Quociente Eleitoral

É o número obtido ao dividir todos os votos válidos alcançados na eleição para, em nosso caso, vereador, os recebidos pelos partidos e diretamente aos candidatos, pelo número de vagas disponíveis na Câmara Municipal, que em Esperantina são 13 vagas.

Este ano de 2016 temos 127 candidatos a vereadores em Esperantina.
São 127 candidatos distribuídos em seis (06) coligações entre os três (03) candidatos, ou seja, entre os partidos majoritários - PT, PMDB e PC do B.

* A coligação "Esperantina seguindo em frente" reúne 24 candidatos, entre eles o atual vereador Domingos Luis e a provável candidata de Vilma Amorim, Regina. E também a vereadora afastada licenciada por questão de saúde, Domingas Santana.

* A coligação "PT" reúne exatamente 13 candidatos, entre eles os atuais vereadores Luis Ana e Zé Germano.

* A coligação "O trabalho continua" reúne 18 candidatos, entre eles os vereadores Jânio Aguiar e Zé Cláudio. 

* A coligação "Unidos por uma Esperantina II" reúne 26 candidatos, entre eles os atuais vereadores Bebé Vitória, Regys Sampaio, João de Deus e Tote Aristides e os ex-vereadores Leônidas e Zé Machado.

* A coligação "Unidos por uma Esperantina III" reúne também 26 candidatos, entre eles os atuais vereadores Bebetinho e Kélio bem como o candidato de Marllos Sampaio, Delegado Mauro.

* A coligação "Juntos com o povo" reúne 20 candidatos.

Vamos ao quociente eleitoral.

Este ano Esperantina terá 26866 eleitores aptos a votarem. 
Pesquisando as duas últimas eleições municipais em nossa cidade, percebi que mais ou menos 12%, em cada eleição, deixaram de votar.

Longe de uma análise técnica, fizemos um cálculo em cima dessa porcentagem e chegamos a uma conclusão:

12% de 26866 eleitores é mais ou menos 3000 eleitores. Ou seja, mais ou menos 3000 eleitores deixarão de votar este ano em Esperantina.

26866 - 3000 = 23866. Estes 23866 deverão ser os votos válidos para as eleições de Outubro.
23866 divididos por 13 vagas da Câmara Municipal temos 1800.

O quociente eleitoral (23866 divididos por 13) é igual a 1800.

Com o quociente eleitoral em mãos, vamos ao quociente partidário.


* Quociente Partidário
Sabendo que o quociente eleitoral é 1800, é possível calcularmos quantas vagas cada partido ou coligação ocupará na Câmara Municipal de Esperantina a partir de 01 de Janeiro de 2017.
Dividindo os votos válidos (23866) pelo quociente eleitoral (1800).

De acordo com a Reforma Política de 2015, se um candidato quiser ser eleito a primeira coisa que deverá é obter no mínimo 10% do Quociente Eleitoral, ou seja, 180 votos. Menos do que isso, fica sem chance de ser vereador.

OBS: Com todo respeito, terá candidato que conseguirá apenas o próprio voto.

Nosso município tem seis (06) coligações.

A coligação "Esperantina seguindo em frente" elegerá, um candidato, a cada 1800 votos obtidos. Depois disso, o candidato dessa coligação que mais receber votos, é escolhido pela coligação a ser o eleito e assim sucessivamente.
Se tiver 3600 votos, dois candidatos eleitos e assim acontecerá com todas as outras cinco (05) coligações.

Pelos caciques políticos de cada coligação, pelos exemplos de eleições anteriores e pelo pouco conhecimento que temos de política, dar para ter uma noção de como serão distribuídas as vagas de Vereadores.

A coligação encabeçada pelo PMDB de Marllos Sampaio é bem capaz de conseguir 07 vagas, sendo 04 candidatos da coligação "Unidos por uma Esperantina II" e 03 candidatos da coligação "Unidos por uma Esperantina III".

Já a coligação encabeçada pelo PT de Vilma Amorim é capaz de eleger 05 candidatos, sendo que 02 da coligação "Esperantina seguindo em frente", mais 02 da coligação "PT" e 01 da coligação "O trabalho continua".

E a coligação encabeçada pelo PC do B de Chico Preto elegerá apenas 01 candidato.

Essas são nossas interpretações, longe de serem totalmente corretas.
Como a política não é uma ciência exata muito menos somos técnicos na área, esta realidade pode ser um pouco diferente.
Vamos esperar o desenrolar dos fatos para termos, na noite de 02 de Outubro, o resultado das urnas.

Fto - blogdaraysaaraujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário