1 de setembro de 2016

Aliança política de PSDB e PMDB não cheira bem

O que vocês acham dessas uniões partidárias?

Partidos de 'esquerda' se juntando com os da 'direita'.
Partidos políticos eternamente inimigos, hoje caminham juntos, de braços dados.

Homens e mulheres que gladiaram entre sim em um passado não muito distante, brindam a 'caça' ao inimigo político de agora.
Cinismo partidário não tem como vencê-lo.

O que fez recentemente o PSDB nacional de Aécio? Juntou-se ao PMDB, de Temer, para derrubar o PT de Dilma.

Conseguiram. Se não fosse a cara lavada de Aécio, antes uma metralhadora humana contra o vice de Dilma, até poderíamos dizer que as alianças partidárias poderiam ser em nome das necessidades do povo.
Mas não. Fica evidente que estas alianças partidárias nada tem haver com a solução dos problemas que maltratam a sociedade brasileira.
Estas alianças vão mais longe.

É sabido de todos que o PSDB não conseguirá ficar no governo de Temer daqui por diante. Não porque não queiram, porque não podem. Precisam fazer/serem oposição para obterem confiança do povo que voltará as urnas em 2018.
Esta junção foi apenas para conseguir aliados suficientes para tirar do poder Dilma e seu PT.

Não muito diferente da política nacional está a política municipal de Esperantina.

PMDB conseguiu se aliar ao PSDB. Não sei como. Mas sei que esta aliança, caso vençam as eleições, igualmente vista no Planalto Central, terá desdobramentos negativos para o povo.

Não só filiados ao PSDB falaram que só entrariam na disputa pelo Poder Executivo se fosse com uma chapa majoritária liderada pelo próprio PSDB, como também o próprio Raimundo Fontinele falou que se não fosse o candidato a prefeito, não disputaria cargo nenhum. 

Muitas conversas foram feitas. PMDB sentou ao sofá até mesmo com o PC do B de Francisco Antonio para discutirem sobre as alianças partidárias.
Qual o resultado dessa conversa? Chico Antonio falou por muitas vezes que Themistocles Filho era o mais oligárquico e coronel dos políticos esperantinense. Será que teve compra de conduta nesta conversa? Sei lá. Continuemos.

E de uma hora para outra, o PMDB divulgou seu vice - Raimundo Fontinele do PSDB com o discurso de que quem escolheu o vice foi o povo através de uma pesquisa de opinião (kkkkkkkkkkkkkk), desculpem.

Manobra para derrubar Vilma Amorim do PT, maior concorrente no pleito.
Será que irão conseguir? E se conseguirem, irão brigar na base?

Esta aliança não me cheira bem, da mesma forma que Aécio e Temer são dois bicudos que não se cheiram muito menos se beijam.

"Posso não concordar com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltarie).

Fto - patosonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário