27 de setembro de 2016

Enfim!

Próximo de terminar o prazo de se fazer reuniões políticos, pois a última de todas as coligações em todo o Brasil deve ser até o próximo dia 29, estive matando minha curiosidade em ouvir o candidato do PMDB em Esperantina.

Diziam que o discurso era sempre animado e cheio de novidades e verdades.
Professor que sou, fico admirado por belos discursos.

Infelizmente o discurso de ontem no Bairro Belo Horizonte (antigo Canto da Velha) não me animou. Em nada.

"Por favor, vote em mim, nem eu e nem ninguém da minha família já fomos administradores de Esperantina". Esse foi a culminância do discurso de ontem.
Apelação! Não encontro outra palavra para descrever o discurso de política ultrapassada que foi pregado ontem no palanque do PMDB. 

Para início de conversa, de todo o discurso de ontem, 50% dele foi falar de Vilma Amorim e do ex-prefeito de Esperantina do partido do DEM.

Os outros 50% foram de desespero.

Cheguei a lembrar do candidato a gestor municipal de Esperantina Leônidas Quaresma no ano de 2012 quando o mesmo esteve na Sabatina do Centro Estadual de Educação Profissional Leonardo das Dores.
Na oportunidade, ciente de que não venceria as eleições, na mais utópica atitude política que um candidato pode ter, Leônidas Quaresma prometeu aos alunos presentes que se eleito fosse iria criar uma Auto Escola para dar gratuitamente Carteira Nacional de Habilitação para os mais carentes de Esperantina.

Ontem não foi diferente. 

Ciente de que as obras de asfaltamento em uma cidade tem um grande poder de agregar votos, pois o mesmo já fez várias vezes isso, prometeu que irá comprar uma máquina de fazer asfalto para bairros como Novo Horizonte e COEBE possam está recebendo asfalto a partir de Janeiro de 2017 caso vença a eleição.

Se a cidade não tem dinheiro nem para fazer calçamento, terá dinheiro para comprar uma caríssima máquina de fazer asfalto? E a manutenção dessa máquina, quem vai bancar? Dar licença! Desespero total. O povo não é besta.

Voltou a falar que já tem R$ 2.000.000,00 para fazer um estádio. Que irá trazer para Esperantina o Ministro da Saúde para dar um jeito definitivo na saúde local.

Só faltou falar que já tem R$ 1.200.000,00 para fazer o Teatro, que irá fazer a BR 222, que irá implantar o polo da Universidade Federal do Piauí aqui em nossa cidade, que fizeram o Cais, trouxeram a Penitenciária regional, o SENAI, que virou as costas para o Lourival, que há trinta anos no poder nunca cedeu uma casa para um pobre, que doa suco de cajú para as escolas municipais, que ama Esperantina e que gosta de respeito sem saber respeitar, pois "Vooooote Maaaarlos, vooooote 155555555, ele falou.

Huuuu, huuuuum!

"Posso não concordar com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltaire). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário