9 de setembro de 2016

Sabatina do CEEP Leonardo das Dores com Marllos Sampaio

Com o intuito de politizar os educandos, promover a democracia eleitoral entre alunos e os três candidatos a gestores municipais de Esperantina e esclarecer os planos de governo dos três candidatos aos alunos bem como conhecer o máximo possível da vida civil e política de cada candidato, o Centro Estadual de Educação Profissional Leonardo das Dores promoveu a primeira etapa de seu Projeto "Sabatina 2016" no dia 23 de Agosto, no turno da manhã no pátio do referido Centro, com o candidato da Coligação "Unidos por uma nova Esperantina" Marllos Sampaio (PMDB), seu candidato a vice e toda a comitiva de candidatos a vereadores.

Sabatina é uma prática de revisão em forma de questionamentos, muito das vezes bem investigativas.
Neste momento de conhecimento dos pretendentes aos cargos de gestor municipal e vereadores, nada melhor do que uma sabatina.
O Projeto "Sabatina 2016" do CEEP Leonardo das Dores foi dividido em três etapas.
Em cada etapa, o centro receberá um dos candidatos a gestor municipal de Esperantina.
Em sorteio com os candidatos, ficou decidido:
1ª Etapa: Marllos Sampaio (23/08/16), turno da manhã.
2ª Etapa: Francisco Antônio (19/09/16), turno da tarde.
3ª Etapa: Vilma Amorim (29/09/16), turno da noite.

Marllos Sampaio chegou pontualmente ao Centro Estadual.
Infelizmente não chegou com disposição de dar um "bom dia" com entusiasmo para os professores na sala da diretoria, pois acredito eu que nem mesmo o próprio candidato não o ouviu.

Passado este triste episódio, a diretora Elisaldete Barros começou a Sabatina dando as boas vindas ao candidato e toda sua comitiva.
Logo em seguida começou a falar sobre algumas regras que normatizaria a Sabatina.
Vídeo 01 e 02.

Depois das boas vindas da direção da escola, foi a vez das boas vindas do candidato Marllos Sampaio. Infelizmente o vídeo em que o candidato fala sobre seu próprio perfil não é permitido em nosso blog, pois o mesmo só carrega vídeos de até 100 MB.
Mas aqui podemos relatar mais ou menos o que o candidato falou sobre si mesmo.
Disse que é nasceu em Esperantina. Que sempre viveu em nossa cidade. Disse também que revolucionou Esperantina e sua Cultura quando foi vice-gestor de Zé Ivaldo.
Relatou também que não responde processo junto a Justiça, bem diferente da atual gestora.
Mencionou seu Plano de Governo de 2017 a 2020, caso vença as eleições.

Agora assistam a pergunta e resposta sobre a UESPI de Esperantina:



Para tristeza de nossos leitores, quatro vídeos não podem ser publicados aqui por conta de seu tamanho.
O primeiro vídeo mostra o verdadeiro político oposicionista em que jamais reconhece na administração governista alguma benfeitoria. Certas pessoas que acompanham a cúpula de Marllos Sampaio nos afirmou que nenhum integrante da coligação "Unidos por uma nova Esperantina" pode reconhecer ou mesmo elogiaer a atual gestora e seu governo. Neste vídeo Marllos fala que as escolas da cidade de Esperantina estão em péssimas qualidades.

Já no segundo vídeo, Marllos começa a perder o equilíbrio emocional quando o mesmo é questionado sobre sua declaração de bens junto ao TSE (apenas dois veículos no valor de R$ 35,000,00), e sobre a "cassação" de sua esposa que é atualmente a vice-gestora da cidade de Valença. 
Marllos começa a responder falando que foi à Sabatina para tratar de Proposta de Governo. 

Obs: Demonstração de ingenuidade política tanto do próprio candidato como de seus assessores, pois sabatina é para saber sobre a vida, completa, do candidato.

Falou depois que sua esposa não foi cassada. Teve apenas alguns problemas de prestação de conta.
Afirmou que não tem luxo, que é uma pessoa simples.

Obs: Tão simples que quase rejeitou pegar na mão de um homem pobre, negro, totalmente humilde no dia da Velório do Ex-vereador Tote Aristides. Este episódio fez com que um de seus aliados tomasse nojo do acontecimento e o mesmo passou para o lado da candidata do PT.

Disse também que não gosta de ficar com dinheiro no banco, que gasta todo seu dinheiro com sua esposa e filha.

Obs: Como delegado, e de acordo com o Portal de Transparência do Estado, Marllos ganha mais de R$ 19,000,00 por mês. Isso é viver sem luxo gastando todo este dinheiro em um só mês? Só tem dois carros? Não tem casa, pois sempre viveu na casa dos pais? Huuuum!

Declarou também que sempre morou na casa de seus pais.
Falou também que Esperantina é reconhecida por ser a 'cidade de prefeitos cassados". Neste momento falou de seu ex-aliado político Lourival Bezerra (PSDB) que o mesmo estava contando dinheiro por baixo da mesa.

No terceiro vídeo, eis que o candidato responde à pergunta mais polêmica da Sabatina.
Neste momento o equilíbrio emocional do candidato já estava no espaço.
A pergunta se referia ao que Marllos falou logo depois que perdeu a eleição para deputado federal: o mesmo falou que não precisava dos votos de Esperantina. Aí a aluna emendou em sua pergunta o porque Esperantina era sua terceira alternativa para se candidatar, pois o candidato até então morava em Valença ao lado de sua esposa, que tinha muito apreço por Teresina, mesmo assim veio se candidatar aqui em Teresina.

"Essa é mais uma pergunta da atual gestão", essa foi a reação inicial do candidato Marllos Sampaio.

Obs: Acho que ele quis dizer que a aluna não é capacitada para elaborar uma pergunta como esta. Talvez quis, também, dizer que a direção da escola conduziu esta pergunta.

Em suma, o candidato pareceu não querer ser questionado sobre sua vida particular, apesar de que quer ser uma pessoa pública.

Já no quarto vídeo, Marllos responde pergunta referente a grande violência em Esperantina.
Falou dos maus tratos que os policiais militares receberam durante o Festival de Peixe, onde durante toda a noite a prefeitura não teria dado suporte alimentar para os policiais.
Disse também que irá criar a Guarda Municipal. Que trará o Corpo de Bombeiros para Esperantina. Que a prefeitura não tem Convênio com as policias militar e civil, coisa que em Morro do Chapéu tem.

E neste último vídeo, vocês podem observar a última parde da resposta de Marllos Sampaio sobre a segurança municipal. Neste vídeo ele fala sobre as Câmaras que irá instalar-las em Esperantina caso vença as eleições. 




Fora estas perguntas e respostas, Marllos falou muito bem sobre o Saneamento Básico e tantos outros temas em que foi questionado.

Seus respectivos vereadores que tiveram vez e voz durante a Sabatina.
O candidato a vereador Leônicas Quaresma falou de temas relacionados à educação.
O candidato Danilo Marques destacou obras na área da Cultura.
E desculpe a candidata Marly, mas não lembro do que a mesma falou.

Nos bastidores, teve candidatos a vereadores que ficaram magoados pela escolha desses três candidatos a vereadores, pois tinha sido pré-escolhidos para terem vez e voz na sabatina, mas que na hora foram escolhidos os três acima citados. Eita desunião.

Vamos esperar as outras duas Sabatinas para fazermos nosso posicionamento quanto ao este momento tão importante para os alunos do CEEP Leonardo das Dores.

"Posso não concordar com nenhuma palavra que você diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-la" (Voltaire).

Nenhum comentário:

Postar um comentário